20 de nov de 2007

Abrir para a Mudança


Somos todos diferentes, e divergimos nos nossos anseios, uns mais pragmáticos que outros; fases na vida acontecem em que nos sentimos fora de nós próprios, sentimos um crescendo da sensibilidade, estranha para muitos e que poderá vir expor uma vulnerabilidade até ali desconhecida.

Lá fora parece que o mundo não nos entende, um reflexo do que sentimos dentro de nós.

Astrologicamente podemos identificar estas fases e até antecipar, o difícil é explicar a quem procura aconselhamento, que nem tudo se rotula, com bom ou mau, a pergunta imediata após o anuncio de período de desenvolvimento para um próximo futuro.

O futuro é quase sempre uma sequência do passado, melhor que nos empenhemos todos os dias em fazer o melhor possível...
Se nos abrirmos ao presente e ao futuro como uma oportunidade de crescer e evoluir,a aceitação torna mais fácil qualquer mudança que se apresente necessária.

O beneficio de termos consciência destas fases, não é deixamos de as sentir, teremos sim hipótese de as entender e as usar da melhor forma possível, ter consciência do que nos é pedido numa certa altura da vida, torna tudo mais fácil.
Se entendermos o propósito mais facilmente aceitaremos a nossa realidade

Um comentário:

raquel disse...

Aceitar a dádiva da vida fazendo sempre os ajustes necessários para a tornar ainda mais bela, não perder a esperança e nunca deixar que ela passe por nós sem a vivermos.

Um beijinho especial à Ana pelos seus excelentes artigos!