26 de nov de 2007

Tudo é importante


Sendo a Lua a digna representante da nossa necessidade imperial, ou seja a que nos faz correr, sim porque é a necessidade que nos leva à acção: o Sol dinamiza e ilumina as razões, a Lua é a nossa irrequietude.

Sempre que em conversas de ocasião me dizem ser Leão, Virgem ou outro signo qualquer, sorrio educadamente e se for oportuno, pergunto pela Lua.

Para constatar que a posição ou signo desta é na maioria das vezes desconhecido, caso a conversa se estenda e o teor o permita, divirto-me a adivinhar a Lua da pessoa, pelo tipo de necessidades que me são dadas perceber.

Astrologicamente defendo que precisamos ter em conta o todo, não Elementos ou aspectos separados. No entanto convém entender cada um Planetas para depois entendermos os meandros e misturas, que irá resultar no mundo que cada um de nós é.

A expressão "a necessidade faz o engenho", é muito apropriada e que resume fidedignamente a expressão comportamental a ser manifestada pela Lua.

O signo em que a Lua se encontra vai ilustrar diferentes necessidades, ou seja podemos ter um sala com 12 Escorpiões, cada com a sua Lua num signo diferente, uma Lua em Sagitário como a minha, a querer ser respeitada quando exprime opiniões, outra Lua em Carneiro, a querer ser o primeira numa constante auto-promoção e assim por diante.

De seguida acrescentamos à necessidade já identificada, a posição em que se encontra no horóscopo ou seja, a casa que ocupa, o palco de actuação. Aquela Lua em Carneiro e na casa VIII, vai querer ser o primeiro a cortar a meta e quer ter lá todos os canais de televisão para cobrirem o feito. Ao passo que a outra Lua em Sagitário a residir na casa XII, vai continuar a querer opinar mas de uma forma resguardada, ou seja sem a presença dos holofotes.

Escrever um blog é o local quase ideal.

Com conhecimento, do signo, ficamos com uma ideia muito clara das necessidades da pessoa, falta-nos perceber que área da vida está por detrás desta ansiedade, isso ser-nos-á desvendado pela casa regida pela Lua; regendo a V, a necessidade expressa pela Lua prende-se directamente com a criatividade do indivíduo, ou na regência da casa X com ansiedades profissionais, etc.

Com estes preciosos elementos na mão vamos em busca do factores modificadores, ou seja os Planetas e aspectos que vão de alguma forma alterar e condicionar a expressão da necessidade básica.

Entendermos a nossa Lua é conhecermos a nossa necessidade básica.

Nenhum comentário: