8 de set de 2008

Mudança de rota


Hoje voltam ao movimento directo, os planetas que têm estado retrógrados, falo de Jupiter e Plutão . Este movimentos em que aparentemente os planetas andam para trás, faz com que dito planeta demore muito mais tempo num determinado signo e casa do horóscopo individual. Por isso os assuntos dessa área de vida estarão em evidência por mais tempo. A este movimento de retrogradação alio a simbologia da implosão, no sentido que as coisas acontecem de dentro para fora. Nada acontece sem que deitemos mãos à obra, não podemos ficar à espera do reboque.Somos levados a esquadrinhar dentro de nós e tudo terá que ser filtrado antes de sair. A energia está lá mas contida até que se carrega no botão e se dá o grande efeito.
No caso de Jupiter que nos remete para assuntos de direito e recompensas, poderão talvez vir agora do exterior já que em sentido retrógrado a sugestão é de que o próprio tenha que procurar essas dentro de si. A imagem que me ocorre é a do Santo que pregou aos peixes, mesmo quando ninguém o ouvia não parou e continuou sozinho, buscando dentro de si as recompensas do que fazia. Pode ser que a partir de hoje alguns de nós vejam surgir sob alguma forma o retorno que lhes é devido, Jupiter está em Capricórnio onde só quer as recompensas que lhe são devidas por direito.
No caso de Plutão que nos remete para a simbologia do poder que dispomos para enfrentar os desafios da vida, quando retrógrado obriga a uma aferição constante dos recursos individuais, o que em alguns casos pode levar ao esgotar dos mesmos, a ideia aqui é a da transformação e transmutação e a imagem que me ocorre é a de Paracelso que dedicou a sua vida à continua busca da poção ideal, juntando todos os recursos disponíveis com a finalidade de encontrar, o elixir da vida, o verdadeiro poder do conhecimento. A ideia é que se torne mais fácil a junção de recursos, e o uso solidário dos mesmos. Está em Capricórnio o poder a quem de direito, e a implosão do que não é mais necessário. Poderá ser necessário um retorno aos valores seguros mas não aos obsoletos, esses tendem a desaparecer.

6 comentários:

cova-do-urso disse...

Bom dia, Ana Cristina,

Gostei muito desta sua avaliação.

A propósito destes dois planetas, também publiquei hoje um post, mas tratando de um outro tema. E a Ana Cristina está dentro do post.

Abraço

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Já lá vou António, lembra-se daquele dia que eu lhe disse que estávamos no mesmo comprimento de onda?? Tinha terminado de escrever este e deparo-me com o seu (LOL) post.
Obrigada e até já.

bandarravet disse...

Boa noite!

Realmente vocês os dois anda no mesmo comprimento de onda! :)
A sua explanação (muito agradecida por ela)só veio ainda reforçar o que me espera! :) Tenho neste momento Jupiter no MC, e Plutão irá entrar no MC em Novembro, se não me falha a memória... o António disse que é do tipo «ou vai ou racha».

E acho que vai ser mesmo assim...

Beiinhos

Maria Paula

PS: mande-me o seu mail sffv, quando vir que gostou de uma foto em especial, farei questão de lhas enviar! :)

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Sim senhora, o ano promete, Maria Paula, são alturas bastante importantes, marcos de vida, desejo-lhe o maior dos sucessos.
Maria Paula o email anaccmendes3@gmail.com

abraço e obrigada

bandarravet disse...

Olá Ana, eu sei que você é a mais "madura" do grupo, mas só para avisar que o António precisa de ajuda do post quindecil jupiter-plutão. Dê o seu contributo.
Obrigada ;)
bj

Maria Paula

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Maria Paula, permita-me a correcção
Quindecile. :-)

beijo