23 de jan de 2009

olho para cima


Ultimamente é comum ouvir que está tudo parado, ou daqueles que andam atrás de soluções das demoras que enfrentam e claro da crise...Nestas alturas aprendi a retirar-me para dentro de mim, não como fuga mas para evitar contágios e que me torne mais uma a engrossar as vozes do que se pode tornar uma histeria colectiva. Escusado será dizer que reflicto sobre o simbolismo da situação e numa altura que nem os economistas se atrevem a fazer previsões, justificam-se eles dizendo que nunca vivemos tempos assim, olho para o céu. Esse continua lá em cima, os astros que o enfeitam continuam os seus percursos e como no passado poderemos antever o espelho de alguma movimentações cá em baixo.

Já no final do mês, com a volta de Mercúrio (comunicações)ao seu movimento directo, é expectável alguns dos esclarecimentos e ou respostas que se aguardavam, depois deste período de ponderação e hesitação, as comunicações fiquem mais facilitadas e lá para 14 de Fevereiro até cheguem novas soluções. Também no inicio de Fevereiro a 2, Vénus (expressão social) estará a entrar em Aries, que lhe dará uma roupagem mais atrevida e temerária, ás vezes é preciso correr riscos e ou tomar iniciativas. Para ajudar, Marte (necessidade de fazer) entra em Aquário a 4 de Fev., por isso ponderando sobre o simbolismo inerente, acção a trabalhar em conjunto com ideias novas, deixando para trás velhos métodos e ou comportamentos. No dia 5, acontecerá o 2º dos 5 encontros que se darão entre Úrano (irreverente) e Saturno (tradicionalista), sobre os quais escrevi aqui. No dia 9, o que parece um culminar de algo, a Lua Cheia em Leão, pode-se esperar uma certa dramatização na forma como os assuntos são trazidos à tona, à laia de performance.

A nota já usual, a observação destas movimentações celestes não pretende ser uma previsão mas pode muito bem coincidir com o estado geral de alguns reflexos aqui no nosso planeta.

12 comentários:

maria de fátima disse...

Olá Ana Cristina irei ficar atenta.Obrigada.Beijinhos e bom fim de semana.

Ana Cristina disse...

Igualmente :-)Mimi. Grata pela visita.

Maria Paula Ribeiro disse...

Ana,

Soberbo!

"não como fuga mas para evitar contágios"
Sigo à risca, o que fizeste.

Esse estado de crise aparente até parece uma sarna! :-)
E em cada esquina, um "sarnoso" :(

E olha lá que bem que se encaixam os planetas nos meus tempos vindouros! Magnífico. Espero que não apareça um planeta a passa alguma rasteira...

Hoje à noite e segunda feira, estarei em pleno na planificação/consolidação no futuro projecto. Merc RX é o mais notório, penso eu de que... analisar, sem pressas, mas ao mais minucioso, para diminuir a margem de erro.

Obrigada linda!
Bejinho XL hoje

Ana Cristina disse...

Maria Paula, já se descobriu o remédio para a sarna :-). Olha que não são os planetas que pregam rasteiras, normalmente somos nós próprios :-)
PS. Eu não me esqueci, não passa deste weekend :-) Beijo

Astrid Annabelle disse...

Ana Cristina,
vim-lhe desejar um grande sucesso no curso que irá iniciar na escola. Minha participação será em outro tempo...agora não posso.
Mas com certeza ainda o farei!
Seus post são sempre ótimos...fica até rotineiro elogiar...mas não podemos fugir da verdade.
Parabéns...sua fã!!!
Astrid

Ana Cristina disse...

:-) Astrid, o facto de me visitar e ler é já um elogio, as palavras deixadas um grande PRÉMIO.

Grata pelos votos de sucesso, contamos manter o curso e trazer outros para a Escola Nova~Lis, que pioneira nos está a facultar a todos esta fantástica oportunidade. Por isso Astrid, quando quiser aqui estaremos. :-)

Samsara disse...

Eu bem tento fugir da crise, mas ela agarra-se a mim como uma carraça, lol. Está no meu dia a dia, no meu trabalho, é impossível ignorar. Não é só algo de que se fala, ela existe, quem puder passar ao lado é um sortudo. Mas crise não significa baixar os braços, é precisamente o oposto por isso é bom saber que teremos alguns amigos celestes a ajudar, apesar de alguns talvez a complicar.
Beijinhos bom fim de semana

Ana Cristina disse...

Sam, enfrentá-la com positividade também é meio caminho andado, como se diz tristezas não pagam dividas :-)bom fim-de-semana

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Anima-me muito a ideia de Marte visitar o meu Júpiter natal, nas vésperas de vários eventos onde estarei envolvido: as Oficinas de Astrologia no Porto (6 e 7 Fev) e o início do seu curso (7 Fev). Vai haver energia muito positiva e tudo vai correr muito bem. Também há o seu próprio evento em Coimbra - :)

Abraço

Ana Cristina disse...

Realmente António, o inicio de Fev. apresenta-se acelerado e pleno de projectos de grupo, muito em sintonia com o universo :-)
Abraço

Teresa Marcelino disse...

Só hoje tive tempo para aqui voltar. Apontei na minha agenda estas referências, pois penso que me podem ajudar a manter algum equilibrio, pois entender o que impulsiona os estados da alma pode ajudar-me a não me agarrar demasiado a eles e, por outro lado, não lhes fugir.
Beijo

Ana Cristina disse...

Teresa, andamos todos em busca do equilíbrio :-) uns mais conscientes disso que outros.
Abraço