2 de fev de 2009

eu acredito


No próximo dia 18 o Sol saí do signo de Aquário e entra no de Peixes, o último do Zodíaco; portanto a casa 12, regida por Neptuno, sendo o seu regente tradicional Júpiter, pelo que se poderá sentir os ditames da fé, solidariedade e ética. Sendo uma casa Cadente, áreas de vida onde será necessário um ajustamento entre os mundos interiores e exteriores.
Tenho uma série de amigos com o Sol neste signo, serão eles todos iguais, ou todos calminhos, nem pensar...Todos têm sim, uma facilidade de entender os sentimentos, intuírem se quiserem, porque isso está na sua essência (Sol) mas cada um tem necessidades (Lua), por isso vão-se expressar e comportar de forma diversa . Não esquecendo os diferentes Ascendentes, que tomarão conta das suas diferentes auto-imagem. Além do que cada um, tem a sua energia primordial modificada por diferentes agentes; educacionais, geográficos, económicos, devidamente reflectidos no horóscopo pelos contactos de outros planetas com o Sol.

E se for Neptuno que rege o Ascendente, teremos que ter em conta o muito que nos é sugerido por onde e como se encontra este Neptuno no horóscopo, poderemos encontrar um ego pouco definido, confuso ou que confunde os outros, principalmente se o próprio ainda andar em busca da sua definição, a sensação de nevoeiro por dissipar. Também poderemos encontrar aquele que têm uma fé inabalável, ideais bem definidos e serão capazes de levar uma vida inteira a dar ao mundo a sua contribuição em prol de algo que aprenderam na pele a valorizar. O que poderá demorar mais tempo é mesmo descobrir esse seu ideal de vida, ou o seu dom único, uma vez este descoberto está encontrada a razão da existência. O mesmo poderá acontecer sempre que encontrarmos Neptuno em contacto estreito com a cuspe do Ascendente e/ou com o seu regente.

Lembro dois exemplos conhecidos com Ascendentes em Peixes, Deepack Chopra que cedo encontrou a sua missão e a esta se tem dedicado, dando um uso prático à sua visão.

Janis Joplin, que nos deixou a sua música mas cedo foi consumida pelo seu idealismo, Neptuno co-rege o Ascendente no Ponto Cardinal em Libra, são conhecidas as suas músicas, a sua voz e vida, é uma carta rica em outros simbolismos mas para o caso relembro a sua frase;
When I sing, I feel like when you're first in love. It's more than sex. It's that point two people can get to they call love, when you really touch someone for the first time, but it's gigantic, multiplied by the whole audience. I feel chills.

9 comentários:

António Rosa disse...

Boa tarde, Ana Cristina,

Lidar com Neptuno é tarefa que me exige muito empenhamento. :)

Abraço

mfc disse...

Recordaste-me uma voz (Janis Joplin) que muito me diz.

Ana Cristina disse...

António, :-) sempre a aprender :-)

Ana Cristina disse...

mfc, além da voz que gosto muito, as palavras são fortes :-)

Astrid Annabelle disse...

Estou sempre por aqui...olhando, lendo e aprendendo...
Bjkas.
Astrid

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia Ana Cristina,

"áreas de vida onde será necessário um ajustamento entre os mundos interiores e exteriores. "

Tenho de aprender a gostar mais de Neptuno... Não o entendo, mesmo... :-(
OU se calhar sinto-o demasiado para o entender,nas devidas proporções lol

Beijinhos amiga.

Ana Cristina disse...

Astrid bom saber, obrigada.

Ana Cristina disse...

A aprendizagem é mesmo in slow motion Maria Paula, não há intensivos nestas energias, mas valem ouro. :-) O tal surf com a vida, para mim tem muito de Neptuno.

Ana Cristina disse...

A aprendizagem é mesmo in slow motion Maria Paula, não há intensivos nestas energias, mas valem ouro. :-) O tal surf com a vida, para mim tem muito de Neptuno.