6 de dez de 2007

Oscar Wilde

"Posso resistir a tudo menos ás tentações"

Oscar Wilde

Já viram o filme da vida dele, interpretado por Stephen Fry acompanhado pelo Jude Law?

Foi o filme que me levou a revisitar o mapa de Óscar Wilde:

Sol em Balança e Lua em Leão; o idealismo tem que ser expressado de forma dramática; o nobre romântico. A Lua na casa dos amigos corrobora a vida mundana de Óscar,a vida social e a carreira confundem-se, agitada por Úrano a reger a casa das rotinas, a sede de novidade e busca do diferente fazia parte da sua vida diária.

Vénus dignificada e solta, vai expressar livremente o seu idealismo venusiano; Marte em Sagitário um persuasor nato, um rebelde sem causa, solto a reger a casa VIII, que faz parte do perfil sexual.

  • Em 1892 quando se deu o seu sucesso, vemos um apropriado arco do Meio-do-Céu a Júpiter acompanhado por um trânsito de Plutão ao Meio-do-Céu, a antever a total transformação bem como a súbita notoriedade.
  • Em 1895, o julgamento, a sua eloquente defesa; Marte regente da VIII, estava iluminado por um arco do Sol, ele estava a ser julgado de cometer actos imorais com rapazes, trânsito de Saturno sobre Mercúrio, regente da casa I e X; após o julgamento público Oscar Wilde vê a sua liberdade confinada por 2 anos.
  • Tendo sido libertado a 19 Maio de 1897, um arco de Úrano a Mercúrio, após a libertação muda-se para França, reflectindo claramente o simbolismo destes 2 Planetas no seu horóscopo. Acompanhado por um importantíssimo arco de Plutão a Saturno, a reflectir os amores perdidos e o processo de transformação que se seguiu.

Nenhum comentário: