22 de jul de 2008

Tecla da Paciência



Não tenho por hábito procurar reflexos de todos os acidentes nos astros. Mas ontem fiz isso. Uma manhã de trabalho, escritos com diversos propósitos, por mea culpa, atirei ao ar. Frustração de ver o trabalho de uma manhã e evaporar-se num segundo. Sei que não foram os astros, nem os planetas da minha carta os culpados.
Dramas à parte fui fazer um horóscopo do momento, já agora que este sirva para algo:

Mercúrio (expressão) rege o Ascendente e o MC, em se tratando de escritos e trabalho mental e que de alguma forma todos seriam para consumo público, está tudo claro até aqui. Estava activado por Jupiter, logo as "ideias" abundavam, feitos com o fervor dos momentos de inspiração. Plutão na regência da casa da expressão estava ás avessas com Úrano na casa pública (VII). Considerando que Úrano, regente da tecnologia de ponta como são os fantásticos computadores, ou eram até há pouco e da Astrologia, regia a casa de serviço...o tema dos escritos, astrologia, e que desapareceram repentinamente por uma aselhice informática, efeitos do expert em de repente. Vénus que nesta carta tem a regência da casa das publicações, peregrina em Leão, afoita, brincalhona e por vezes inconsequente. Assim como estava o Sol nos últimos graus de Câncer se tivesse que contar com a Lua seu dispositor, na casa de serviço espelha o trabalho, atacada por Saturno, estava enfraquecida pelo enorme esforço.
Conclusão: os trabalhos sofreram um atraso algo frustrante, duas hipóteses se apresentam; refazer ou abandonar de vez. Como sou teimosa vou usar esta em meu beneficio e voltar aos temas. Hoje fica aqui este momento em que tive que carregar na tecla P.
Até amanhã.

4 comentários:

Samsara disse...

Força amiga, boa escolha! Tenho a certeza que o que desapareceu não estava no ponto e que agora quando refizeres é que vai ficar. Aguardo serenamente pelo resultado!
Bjs.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Um bom prisma Princesa, obrigada...hoje vai ser um dia longo e quente...até logo :-)
bjo

António Rosa disse...

Olá Ana Cristina,

Imagino a sensação de frustração. Como vai fazer de novo, o resultado será muito melhor. Como são "papers" a serem públicos, certamente já os leremos com um prazer redobrado, mesmo nós não sabendo que são os "tais". =) =)

Há pouco tempo vi o fórum da escola desaparecer à minha frente...

Abraço

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

:-) Obrigada António, espero que tenha reaparecido :-(, a vida de sobressalto dos usuários de informática.

Abraço