19 de ago de 2008

Arquétipos e Anjos


A energia de Marte é muitas vezes tida como masculina, creio devido à necessidade humana de compartimentar tudo e até os impulsos, e destes aos instintos é um pulinho, e daí ao cariz sexual um instante logo seguido de que o impulsivo Marte terá que ser masculino. Tão verdade como a função feminina ser a da procriação e o acto sexual uma obrigação doméstica, quando muito um reflexo do passado....Que dizer de um Marte em Câncer, desenganem-se os que o julgam parado e frouxo, trata-se apenas de uma estratégia diferente do daquele que usa o elemento Fogo para brandir impulsos. Um Marte em Câncer ao ver as suas crias atacadas pode virar uma ursa enraivecida e cega pela necessidade instintiva de proteger a família, seja esta sentida por um homem ou por uma mulher. Ao usar a imagem da ursa, quero acrescentar poder à energia, acentuando as motivações. Este papel pode ser desempenhado pelo pai. Os arquétipos são como os anjos não têm sexo.
Existem diversos exemplos de Marte em cartas femininas, peregrinos como rebeldes sem causa, ou não, que estando fortes não as afasta da sua essência feminina. Uma coisa elas têm em comum afirmam a sua feminilidade e em alguns casos até acintosamente. Marte simboliza o tipo de energia que necessitamos aplicar para sermos mais eficientes, pelo que estará directamente com o que o seu dono necessita e não o contrário. O género feminino ou masculino esse directamente ligado com os nossos parâmetros pessoais. Creio ser redutor e mesmo segregativo, o que fica aquém da astrologia, quando se quer confinar energias. Afinal um horóscopo não tem sexo, nem cor.
Grace Kelly, é um exemplo de feminilidade, e tem Marte em Escorpião conjunto ao Sol, que sugere tenacidade e vigor, e ninguém a pode apelidar de masculina mas que por detrás existia uma vontade férrea não tenho dúvidas. Assim como Angelina Jolie, Marte em Aries, uma energia guerreira, que ela tão bem veste no écran mas não me parece que lhe retire feminilidade.

5 comentários:

cova-do-urso disse...

Olá Ana Cristina,

Este Marte que nos agita tanto. A mim, muito, com ele quase colado ao ascendente - :)

Amanhã a Escola vai a Pampilhosa da Serra falar de astrologia. Um honroso e inesperado convite.

Até quinta-feira.

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António, não será alheio o facto de ele transitar o Ponto Cardinal, a activar este ponto crucial da carta de cada um. :-)

Votos de boa apresentação, e depois venha aqui relatar o sucesso da Escola, não tenho dúvidas que será.

Abraço

Maria Paula disse...

Boa tarde!

Se por um lado Marte em Peixes faz de mim soltar a agressividade de um leão, num ápice; por outro Marte na XII me obriga a escrutinar pequenos pormenores, como por exemplo cirurgias...:)

Beijinjhos

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Maria Paula, Marte na 12 (principalmente até cerca de 12/16º) da cuspe do AS, sugerem "raiva escondida"...

beijo