27 de out de 2008

uso e desuso

Como 1ª tarefa do dia tinha agendado a actualização do blogue e o assunto seria comunicações. Como estas por vezes podem ser mal usadas, difíceis, rastilho para tudo o resto. Quando começamos a estudar astrologia e a prestar atenção aos transitos, (os planetas nos seus movimentos passam por cima dos diversos pontos e planetas da carta natal), esta poderá ser uma forma de "sentir" determinado tipo de energia que a pessoa não tem ao seu dispor natalmente. Eis que me sento para escrever e descubro que estou sem internet. Tentando manter a serenidade e ir para a próxima tarefa, abro o programa de a astrologia e vejo Mercúrio (pensamentos) em transito a fazer um aspecto forte a Saturno (maturação) na minha carta, (análise) é verdade que ando há dois dias a analisar diversos aspectos da minha vida, inclusive é essa mesma análise me levou a ponderar acerca dos aspectos de comunicação a um nível mais global. Falo agora da irreverência (Úrano) e meios de comunicação massificados (Neptuno), os que ligam a estas coisas de astrologia sabem que estes dois se encontram em recepção mútua que será o mesmo que dizer, que sem saber bem como cooperam um com o outro. Sabem também 1º se prepara para fazer uma oposição ao conservadorismo de Saturno, a palavra choque poderá dar a ideia de como a informação poderá ser usada no seu pior, em vez do seu melhor a renovação. Dando prioridade ao inusitado mesmo que com ausência de rigor. Neptuno está em vésperas de voltar ao seu movimento, o que parece estar reflectido, no seu pior, na forma como os noticiários deixaram de reportar para querem ser influenciadores de opiniões e incrementarem tendências sociais.

4 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia Ana,

Bem que deu para rir um pouco.

Contudo a tua actualização mostrou que a net voltou à normalidade e não foi preciso "bater" no pc, lol

Continuação de frutíferas análises, :)

Jinhos

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Bom dia boa disposição.
Boa continuação :-)

cova-do-urso disse...

Bom dia, Ana Cristina,

Os seus posts estão a ser cada vez mais vivenciais. Fantástico. Gostei muito deste, pois é um tema que me toca de perto.

Abraço

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António :-) é verdade, é uma altura muito realista desta minha viagem.
Obrigada