25 de mar de 2010

aprender a nadar

Para alguns confiar na vida é nato, outros já acham que tudo na sua vida custa e resulta de uma luta sem tréguas. Os primeiros sabem que nada sabem, os segundos precisam saber tudo, têm medo de confiar, ficam na areia e acabam por sentir que morrem na praia, têm medo de se arriscar e nadar.
Para os 1ºs subsiste a necessidade de se encontrarem na realidade que lhe pertence, de saberem quem são, e para onde vão. Para os 2ºs a necessidade de se abandonarem à libertação que vem com a confiança e a fé, desejam ser convencidos de que podem confiar.

Este desejo pode acabar por ser atendido começando por ser destruturante como uma uma neblina que os faz sentir perdidos e assustados, o desafio de decidir o caminho com base na confiança que vai além do que se vê e avançar convictamente. Aquela praia que até ali os salvava como um porto de abrigo também os aprisionava.

Todos temos Neptuno no horóscopo natal e todos temos consciência que há uma parte de nós confusa, que não entendemos, que nos faz perder do resto de nós e ás vezes dos outros mas também é essa mesma parte, mesmo sem consciência que nos faz sonhar, procurar o ideal e tornar-nos convictos.

No inicio da vida muitas vezes o nosso lugar de eleição de escapismo, um prazer privado, que nos gratifica quando tudo se desmorona. Ao longo da vida, com os Trânsitos e as Progressões, vamos tendo oportunidade de tomar contacto com estas partes de nós, começando por admitir que receamos não saber e então só nos resta confiar.

Quem tiver Neptuno - Mercúrio fazendo um aspecto dinâmico no horóscopo vai sentir esta energia, se souber qual a (Casa) que o Mercúrio rege vai entender melhor o senso idealista com que se aproxima dos assuntos dessa parte da sua vida. Caso seja nas áreas de colaboração e trabalho com a sociedade (a 6ª e 10ª) a grande necessidade de trabalhar com os seus ideais. As crises sucedem-se até que este seja encontrado.

Estes contacto dinâmicos, são indicados pelos aspectos; Quadratura (Semi. e Sesqui.), Oposição, Conjunção e pelo Quindicile.

Na Conjunção os dois planetas estão juntos claro por isso muito provavelmente no mesmo signo, a sintonia é perfeita ou seja o idealismo e o escapismo podem tomar conta já que tendem a estar de acordo, habitam-se a conviver. Dependendo do signo em que se encontram e que lhes confere a tonalidade.

No caso da Oposição ou da Quadratura estamos a falar de signos opostos ou que distam 90º, diferentes no Elemento mas com as mesmas Modalidades; como um Mercúrio no signo de Touro oposto por Neptuno em Escorpião a pensar em estabilidade, construção de ideais e convicções numa expressão estética de realização e integração. Ou com Neptuno em Escorpião (Água) formando uma Quadratura ao Mercúrio em Leão (Fogo), as fortes ideias a terem que aprender maleabilidade, conflitos de ajustamento.
Com o Quindicile (oposição +15º) a obsessão das ideias por um ideal ou convicção.

 Não esquecendo que Neptuno é um planeta geracional, não é por acaso que os ideais de vida se alteram reflectindo algumas das diferentes crenças e modismos entre gerações.  Ao passo que aqueles que pertencem à mesma, se bem que de forma individual, partilham a mesma onda.

Quem tiver o Sol (a energia essencial) nos últimos graus dos signos Fixos, (Touro, Leão, Escorpião, Aquário) vem há algum tempo a experimentar a confusão, o atraso nos seus até ali firmes nos seus propósitos, tempos quem que nos perguntamos afinal quem somos, tentar resistir a esta onda chega a ser doloroso, olhamos a praia e vemos que dela já pouco resta, resta-nos nadar e confiar.

10 comentários:

Sandro Gomes disse...

Ana,

Gostei muito do Post. Para mim, alguém tão netuniano, tudo sobre Netuno é fundamental.

De fato, conviver com Netuno é estar em alto-mar, sem terra à vista. É ter que aprender a nadar por intuição até encontrar o porto seguro. É navegar na neblina densa sem marcos exteriores, apenas contanto com suas vozes interiores para te guiar.

Com o trígono do do meu Netuno retrógrado, regente do meu Asc, em Escorpião, ao meu Mercúrio em Câncer é assim que sinto as coisas; sendo o primeiro na Nona e o segundo na Quinta.

Conhecer as alturas, chegar lá, através do escapismo e dos ideiais é algo fácil em mim. Descer é que são elas...

Abraços

Ana Cristina disse...

Sandro, obrigado pelo seu testemunho de viva voz. Boas navegações e inspirações :)
Abraço

marcelo dalla disse...

Querida!!!! Que saudades de vir aqui, adoro tudo o que vc escreve. E acertou na mosca: Tenho Netuno em Escorpião na 12, oposto a Mercúrio em Touro na 6.

Nadar e confiar, nadar e confiar...
Bjos de luz

Ana Cristina disse...

Bem vindo querido e logo vc um bom exemplo de expressão com um forte sentido estético, adorei :)

Beijo

Marta disse...

Ana,

Mais uma vez, informação em sintonia com o momento e o estado de espirito!!! Afinal, neptuno também reina no meu mapa de forma magistral, pois está conjunto ao sol, à lua e a mercúrio mesmo no final da casa 8 em sagitário!!! Obrigada pelas dicas de navegação!!!

bjs de luz e gratidão!!!
Marta

Astrid Annabelle disse...

Olá Ana Cristina!
Faz tempo que não paro por aqui para ler seus temas.
Gostei mais uma vez...e muito.
E você? Em que praia anda circulando?
Já voltou para Portugal ou ainda permanece em terras brasileiras?
Saudades....
Beijo grande.
Astrid Annabelle

Ana Cristina disse...

Marta, obrigada pela visita e testemunho, um dia destes pode ensinar os demais.
Abraço

Ana Cristina disse...

Astrid é sempre bem-vinda. Na praia da vida :)
Abraço

Christiane disse...

Tenho neturno em conjunção com marte em sagitário na casa 9 porém rege a casa 1 (meu asc peixes) Ele faz oposição a saturno em gemeos na 3...

neturno e cia faz sextil com o meu plutão em libra na 7...

O que acha?

Ana Cristina disse...

Diga-me vc, mas penso que tem que fazer algum esforço para se manter focada e não se deixar abater por pensamentos mórbidos :)
Abraço