11 de mai de 2010

mundanices

Com a aproximação da conjunção de Úrano com Júpiter, a grande oportunidade, o optimismo a toda a prova, a individualidade no seu auge, a independência, a questionabilidade  dos conceitos religiosos, a libertação de amarras obsoletas.
Mesmo que se trate de uma separação será na verdade, uma libertação para dar espaço ao novo.

Com Saturno aprendemos a trabalhar duro, o conservadorismo impera, receia-se o novo, o não experimentado. Úrano é bem mais radical, não se tem paciência e arrisca-se. A mudança é o caminho.

O mundo muda a passos largos, não há como não o sentir e cheirar; olhando a carta do Vaticano, hoje que o transito está um caos por conta da visita do Papa.

A 9ª Casa (países estrangeiros,leis e religião) regida por Marte, neste momento a ser contactado por Saturno em transito, um bom reflexo dos problemas que enfrenta, a frieza e repúdio da opinião pública perante as últimas revelações. E por Úrano; a intenção do Vaticano em fazer prevalecer a sua soberania apesar de toda a novidade, arreigado aos antigos conceitos.

Ao mesmo tempo Neptuno em contacto com o MC, na astrologia Mundana, (o Chefe, o estado do país em relação aos outros), alguma neblina em torno do chefe e verdadeiro estado da situação, acentuando a importância dos tempos que se vivem no que toca ao poder católico e a crise da crença.
Este trânsito de Neptuno em simultâneo opõe-se ao Neptuno natal, regente da 7ª Casa (a imagem pública) e 8ª Casa (entre outras coisas, os padrões morais/sexuais do país). A natureza dos últimos escândalos ocultados por muito tempo.

Espreitando a carta do Papa, Mercúrio a 28º de Peixes, regendo a 7ª Casa, a 3ª Casa (comunicação) e a 4ª Casa que no caso em se tratando de um líder a sua casa, tem uma conotação abrangente abarcando por isso o país; Mercúrio tem estado entre a oposição de Saturno - Úrano, as responsabilidades acrescidas e a rapidez das mudanças.

Este panorama não tende a acalmar bem pelo contrário e assim nos próximos tempos, o cargo exigirá muito ao homem.

4 comentários:

António Rosa disse...

Ana Cristina

Muito bom e surpreendente ver o mapa do Papa analisado. Gostei muito.

Abraço e beijo.

Ana Cristina disse...

Obrigada António, uma breve nota apenas fica por dizer muito :) gostaria de dizer ao próprio.

Entretanto desejo-lhe amanhã um momento inspirado na hora da sua apresentação, estarei consigo em espírito.

Até muito breve, abraço.

Sandro Gomes disse...

Muito interessante, Ana.

Mas o que pode acontencer para o cristianismo quando Netuno transitar por Peixes? Um novo renascimento do cristianimo? Um cristianismo menos eclesiástico e institucionalizado?

E será que o Bento ainda pega Netuno em seu Asc?

Ana Cristina disse...

Sandro, grata pelos comentários pertinentes, vivemos uma época de mudanças, antes de Neptuno chegar a Peixes, ainda temos Úrano a trazer "novidades" sem esquecer Plutão na sua reforma das instituições. Olhando o arco solar da carta do Vaticano, vemos Úrano oposto a Saturno, pronunciando alterações e ainda Saturno a quadr. o Sol (também simbolizando o líder)Não creio que o Bento ainda vivencie (nesta dimensão) o transito de Neptuno.