16 de jan de 2008

Dois Palcos

Quem assistiu à serie da BBC Elizabeth I, nunca poderá esquecer a actriz Glenda Jackson, que na altura raspou a cabeça para fazer aquele papel, até hoje talvez a personificação mais intensa, da monarca.

Glenda nasceu em 9 de Maio de 1936 às 8hrs, Birkenhead, Inglaterra.
Seguindo o perfil vocacional de Glenda;

Sol em Touro e Lua em Sagitário, energia para construir canalizada para a necessidade de ser respeitada, pelas opiniões. A comunicação será provavelmente forte e certeira.

MC regido por Urano em Touro e conjunto a Vénus, dispositor final; dando ênfase às casas XII (instituições sociais) e V (criatividade), humanitarismo e inovação.
De notar que Úrano é também o planeta oriental, assim a carreira de Glenda tem que ser um continuo desafio. Sendo também regente da casa IX, a projecção internacional.

  • A Lua na casa VI, workaholic, conj. Jupiter, outro dispositor final, reforça a sugestão de trabalho social, em contacto com Saturno na casa X, uma forma de cuidar dos outros.
  • Mercúrio, mais um dispositor final a reger a V, reforça a casa da criatividade, e na XII a comunicação indirecta, em quadratura com Neptuno, para expressão artística. O Sol disposto por Vénus a reger a casa da comunicação.

Marte em contacto com MC, indicador protesto e combate, co-rege a casa XI, palco natural de Úrano, Plutão também contacta o MC, na casa II muitas vezes indiciador de mais de uma fonte de receitas, a reger a casa VI, grandes instituições, com o Saturno na X, politicas ou governamentais.

Perfeitamente claros dois canais vocacionais de Glenda:
Em Maio 1992 abandona a carreira artística para se dedicar à politica, uma nova consciência pessoal, na altura 2 importantes arcos solares marcam a total e grande viragem; Ascendente ao Meio-do-Céu e Plutão à Lua.

Tendo em conta que alguns dos seus papeis foram considerados avant-garde, mesmo em palcos diferentes, teve a sorte de se fazer ouvir na sua intenção de reformular o conservadorismo da sociedade. Sempre fiel à sua necessidade vital, Sol-Lua.

Nenhum comentário: