26 de jun de 2008

Uma voz cheia de Emoção


Há algum tempo que ando a tentar encontrar a hora de nascimento da Amy Winehouse, uma voz que não deixa ninguém indiferente e uma conduta igualmente notória se bem que por outras razões. Eis que esta semana uma colega Astróloga Inglesa, revelou o horário que lhe chegou ao conhecimento, fornecido pela mãe da cantora: 14 de Setembro 1983 @ 22;25 Einfield UK.

Estas análises de famosos carecem sempre da corroborarão do próprio de forma que faço questão de manter um certa parcimónia e manter-me afastada de temas que não os de domínio público. São no entanto uma excelente forma de estudar dinâmicas.

Sol em Virgem energia para refinar e descriminar conjunto a Mercúrio, que está retrógrado, regendo o Ascendente a casa V, o contínuo empenho mental a procurar formas de agradar, a trabalhar fora de horas e um segundo nível. Este par está dinamizado por Neptuno e já sabemos que este trás criatividade mas também pode trazer grandes perturbações idílicas, o véu poderoso e irreal, a reger a casa XI, os excessos em nome do amor que ela tanto necessita sentir. A Lua está em Capricórnio no ponto Cardinal, pelo que vai chamar a si importância com a sua necessidade de fazer as coisas acontecerem. Poderia ser o travão das indulgências, não fosse ela também estar conjunta a Neptuno, e a reger casa da auto-estima e a da mente e comunicação; dissolve a 1ª e caracteriza a 2nd. Esta bivalência entre a estrutura e o etéreo é sempre complicada e dolorosa como qualquer dissolução. Muitas vezes resultando num padrão de depressão. Neptuno é hierarquicamente mais forte, pelo que tem grandes tendências para vencer esta luta desigual. Se considerarmos que está em Sagitário, o que ainda lhe dá mais expansividade.
Só nesta parte do perfil da Amy, se percebe que esta mulher vive num mundo só dela e muito confuso, agravado pelas ajudas químicas a que recorre. Primeiro que a todos, trás à própria conflitos de vária ordem.
A nível vocacional, Úrano conjunto com Jupiter, alerta para o fora do usual e pela posição antecipamos uma projecção pública. Neptuno toca o MC, trazendo a sensibilidade e criatividade e de mão dada com a Lua, a comunicação como veículo para dita projecção, claro que trazendo a tiracolo a casa da criatividade. Notar os 4 quintiles (aspecto 72º=360/5) a criatividade que lhe conhecemos e admiramos.

Foi no inicio de Fevereiro que Amy ganhou os prémios que havia para ganhar e não os pode ir receber, tendo-lhe sido recusada a entrada nos E.U. Saturno em transito dinamizava então o par Úrano-Jupiter, o reconhecimento e a constrição legal internacional imposta por outros. O transito de Plutão dava o 1º toque à Lua, o que trás invariável mente a emoções ao rubro e acentua a sua apresentação pública.
O facto de se verificar um arco solar do MC a Úrano, nesta altura importante da sua carreira, faz-me pensar que há grandes chances de este horóscopo estar correcto.

8 comentários:

Samsara disse...

Bom dia Ana Cristina
A Amy é a menina do momento, muito oportuno o teu post, gostei muito de ler e aprender.
Bjs

António Rosa disse...

Notável demonstração prática do que pode ser um Neptuno no horóscopo. Muito bem escrito. Com suavidade, as usual. Com emoção, como nos habituou. Gostei muito.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Bom dia Princesa, gosto muito de a ouvir e não posso deixar de sentir a dor na sua voz.

Bjo

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Obrigada António :-), os meandros de Neptuno são tão profundos e ténues que muito tem que ser intuído mais do que descrito :-) Mas claro que quem sintoniza sabe do que falo.

Abraço XL
Ana Cristina

Doce Veneno disse...

Gostei muito de tudo o que aqui li, cheguei através do blog do António e estou deslumbrada com tudo o que poderei aprender.

UM Beijo

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

doce veneno sê bem vinda e faço votos para que a visita seja agradável.
Já estive no seu espaço e ainda tenho um sorriso que trouxe de lá.

Abraço
Ana Cristina

António Rosa disse...

Olá Ana Cristina,

Só para informar que o seu texto "Tudo é importante" já está na Escola.

Muito agradecido.

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António, Obrigada :-)

Abraço
Ana Cristina