25 de set de 2008

do it yourself



Ponderando acerca das ligações e encontros com Saturno, os natais e o que acontecem por transito ou arco solar; normalmente vistos como ameaçadores uma vez que é sabido que por onde este senhor anda, os assuntos exigirão mais trabalho e esforço. Por vezes é esquecido é que isto também poderá significar uma concretização ou estruturação, um ver com olhos de ver determinado assunto, retirando-lhe as ilusões. Muitas vezes quem tem Saturno perto do Ascendente sente que está constantemente preso, esta supressão é na maioria das vezes imposta pelo próprio, um padrão que de alguma forma formatou desde cedo e perpetua ao longo da vida. Das duas uma, ou se enche de brios e se atira para a frente ou se encosta no canto sentindo-se encurralado pela vida e pelos outros. Como Deus fez isto tudo balançado, também é Saturno o símbolo da resistência.
Agora imaginem Saturno (controle, disciplina) a influenciar a Lua (necessidade). Como?
a) suprimir as necessidades individuais por medo de ficar só...
b) tomar muito a sério aquilo de que se necessita sem fazer cedências...
Nenhuma é fácil, mas também já sabemos que uma não decisão acaba por ser uma decisão. Com Saturno a atitude mais fácil poderá não ser a mais apropriada, a restrição da nossa vontade, a não decisão...tenho dúvidas que seja a mais benéfica a longo prazo, Saturno apela à estratégia, à organização. Sendo a Lua a dignitária representante da nossa necessidade imperial, com esta tocada por Saturno talvez seja melhor olhar de frente as verdadeiras necessidades, dando-lhe o crédito e a possibilidade de que se realizem, em vez de as escamotear é hora de as fazer valer perante os outros, o respeito por estas terá que vir de dentro para fora. Será a altura perfeita para o dono da Lua exigir para si aquela responsabilidade, segurança, que sempre necessitou e ambicionou. Será hora de limpar as lágrimas levantar-se e delinear estratégias para que não se coloque de novo à mercê da dor proveniente da vulnerabilidade emocional a que antes não prestou o devido crédito.
Será a hora de tomar conta das suas necessidades, do it yourself...

6 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Boa noite, que eu já sei que vai dormir bem! (LOL)

Bonito texto, muito boa essa explicação de Saturno-Lua. Já me apaziguou alguns fantasmas.
Muito obrigado! :)
Jinho

Maria Paula

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

:-) não queremos assombrada :-)
beijo e obrigada pela prendida muito apreciada.

cova-do-urso disse...

Olá Ana Cristina,

Belíssimo texto e desde já lhe peço autorização para o colocar na Escola dentro de poucos dias.

A não decisão, regra geral tem custos muito altos e Saturno é um bom cobrador. Em certa medida ele sabe fazer o papel do homem do fraque.

Como velho aluno de Saturno, já não o temo, pois tem sabido ensinar-me o que preciso de aprender, sem me ter abandonado nunca. Vale a pena dar-lhe o crédito necessário. Respeito-o muito.

Agora mesmo ele está a iniciar um contacto ao meu Sol e, de seguida, fará o mesmo à minha Lua. Com Úrano a fazer os mesmos aspectos, vai ser bonito, vai. Não sei se ria, ou se chore. Aliás, já ando nisso.

A propósito de lágrimas, estas nunca fizeram mal a ninguém.

Manifesto a vontade de estar por aqui perto.

Abraço

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António olá tem toda :-) haveremos depois de trocar figurinhas...espero que esteja a ter um bom dia, é sempre bom sentirmos esta vibração de entendimento, in the same wave length.

Abraço

Astrid Annabelle disse...

Ana Cristina,
aprendi muito com o Mestre Saturno...diferente de vocês que visualizam o caminhar de Saturno pelo mapa eu o sinto...e como!
Belíssimo texto, não querendo repetir o António, mas porque é a mais pura verdade.
Parabéns.
Um beijo,
Astrid

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Astrid, grata pela partilha que nos enriquece e tal como vc bem diz mais do visualizar ou intelectualizar é mesmo vivenciar.
Beijo e obrigada