10 de out de 2008

física & química


Epifania é uma súbita sensação de realização ou compreensão da essência ou do significado de algo. O termo é usado nos sentidos filosófico e literal para indicar que alguém "encontrou a última peça do quebra-cabeças e agora consegue ver a imagem completa" do problema.

Pois é precisamente este descobrir uma das benesses que a consulta astrológica (observação dos planetas envolvidos e reconhecimento da sua simbologia perante dados acontecimentos) visa trazer ao de cima em momentos de vida, que normalmente se fazem notar por alterações de curso. Não se trata de explorar o acontecimento em si, já que este se revelará inútil se com ele nada tivermos aprendido. O erro usual é que todos de uma maneira geral, esperamos que um acontecimento exterior nos traga essa epifania, lamento mas não é assim, a tal vem quando fazemos o nosso trabalho interno. O acontecimento ou a pessoa que cruzou o nosso caminho e que nos levou a viver esta ou aquela situação, foi um agente acelerador da nossa evolução. Por vezes aquilo que desejamos falha como se de uma experiência se tratasse, continuamos à procura da solução, com a mesma combinação, insistindo no mesmo erro de fórmula, poderá isto querer dizer que não percebemos porque falhou a experiência. Não é a experiência a responsável pelo nosso falhanço mas talvez alguma desatenção ou ignorância nossa, assim ao repeti-la há que considerar algumas alterações. Entender o passado, é muito importante para compreender o presente e projectar o futuro.

8 comentários:

cova-do-urso disse...

Olá, de novo, Ana Cristina,

Uma epifania perfeita.

Posso usar este artigo e o anterior para os colocar no site da Escola, talvez na próxima semana, dependendo da minha disponibilidade em ter computador em casa?

O mais certo é trazer o meu portátil da editora para casa... =) Não gosto de andar com ele de um lado para outro, pois já é velhinho e já foi à oficina várias vezes, mas não há dinheiro para comprar um novinho. Prefiro pagar salários e a gráfica... e esperar um pouco mais.

Abraço

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António, obrigada pela preferência :-), opções caro amigo, opções.
Abraço

Teresa Marcelino disse...

Serve apenas para testemunhar o que aqui foi escrito. Já tive um ou outro momento de epifania (não sabia o nome), aquele momento em que tudo encaixa, em que percebemos o que esteve por trás de determinado sofrimento ou padrão recorrente.
Lembro em especial um, em que chorei e ri em simultâneo. O sentimento de libertação foi hiper-reconfortante.
Um abraço

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Teresa, muito obrigada pelo testemunho e pela descrição da sensação de libertação:-)

Abraço

Samsara disse...

Porque nos dá esta possibilidade é que gostamos tanto da Astrologia.
Bom Domingo
Beijinhos

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

É verdade Sam, um bom domingo para ti tb.
Beijo

António Rosa disse...

Olá Ana Cristina,

Consegui colocar este artigo no site da Escola.

Muito obrigado.

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Obrigada :-) eu.
Abraço