13 de jan de 2009

expandir


Ainda acerca do amigo expansionista, Júpiter, usufrui da fama de o grande beneficiador que pode ser tão enganadora como é a de punitiva de Saturno. No entanto se pensarmos que Júpiter é o natural regente da casa 9, que é a área da justiça, teremos que olhar o seu aspecto justiceiro. Ocorre-me sempre a imagem de que a justiça humana pode ser cega mas não o é a do universo. Assim como o facto de Júpiter expandir, pode ser que aquilo que aumenta não seja o mesmo que o próprio antecipou. Por isso muitas vezes é dito que Júpiter beneficia de misteriosas maneiras, tal como o ditado Deus escreve direito por linhas tortas. Acerca de 2 anos fui a uma reunião no próprio dia em que Júpiter transitava no meu Sol, o que fez com que me sentisse super confiante, fui para a dita completamente à vontade. O resultado da mesma não foi o que eu contava, hoje devo dizer que se tivesse sido outro a minha vida teria seguido outro rumo e eu não poderia estar ocupada a 100% com o que estou hoje e me dá muito prazer. Recentemente em consulta, a alguém que tinha algumas noções de astrologia, dizia-me que desconfiava que a hora de nascimento não estava correcta e apontava que as coisas não aconteciam como seria previsto. Foi-me dado um exemplo de Júpiter a atravessar o MC, numa determinada data em que foi dispensada do emprego que tinha, em vez de uma possível promoção. Durante a conversa fiquei a saber que detestava o emprego e na altura foi um alivio porque houve uma recompensação monetária o, que lhe permitiu começar uma nova etapa na vida. Os planetas ao falarem um linguagem simbólica, exigem que se reflicta sobre eles individualmente e amiúde, quero dizer os simbolismos terão que ser relacionados com a vida do individuo, ou seja se vemos uma casa 9 activada poderá haver alguma situação de justiça a ter em conta mas caso não haja nada pendente, poderá ser uma viagem ou uma publicação ou outro assunto respeitante. Quem tem que decidir como aproveitar a onda é a pessoa. Ou então planear a acção mais plausível para aquela realidade. Por isso nunca se vão esgotar as histórias das activações de Júpiter, expansões vão acontecer há que tirar proveito destas e não ficar obstinadamente a reclamar o que não se teve que, o só provoca distracção do que se tem e do processo do todo.

Nota: Neste momento o Cristiano Ronaldo está a receber o transito de Júpiter sobre o Júpiter natal que em Capricórnio sugere receber o que lhe é devido e, que estando agarrado ao MC, temos o efeito público do tal reconhecimento que o menino ambicionava.

16 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Ana Cristina,
é muito útil, em casos como exposto no post, que deixemos a vida acontecer com a idéia de que o Universo sempre conspira a favor...mesmo que momentaneamente imaginemos o contrário.
Tenho uma grande experiência nesses casos...muitas vezes sentia o caos e não percebia o quanto estava sendo benéfico.
Júpiter expande sempre a sua escolha que nem sempre é consciente...
Estou adorando seus textos...como de costume, aliás!
Beijão.
Astrid

Ana Cristina disse...

Astrid, fico contente por ter integrado tão bem a mensagem na sua realidade, é isso que faz da astrologia uma ferramenta fantástica. Grata pela sua mensagem.

Samsara disse...

Ana Cristina
Não poderia estar mais de acordo, ainda ontem estive a analisar um caso semelhante, aviso de despedimento e Júpiter transita na 10, pensei que esta pessoa poderá vir a ser beneficiada com esta situação embora não pareça.
Beijinhos

Ana Cristina disse...

Sam, terás que dar tempo ao tempo, não deixes que o teu juízo de valores, tire conclusões :-)rapidamente.

Teresa Marcelino disse...

Ana Cristina,

A ensinar-me, como sempre. Como não domino nenhuma arte, reduzo-me ao meu umbigo. Ainda ontem ao ler a co-criação do nosso Mestre "Urso" me indaguei sobre qual seria a co-criação que eu escreveria para mim. Apercebi-me que em termos profissionais continuo à deriva, ainda nem sequer sei o que realmente gostaria de co-criar nessa área (entre outras). É incrivel o pouco que sabemos de nós e que torna tão dificil "decidir como aproveitar a onda".
Beijinho

Ana Cristina disse...

Teresa, por vezes sabemos mas não acreditamos e vamos ficando sempre à espera que algo mais surja, a situação perfeita e, nem o Universo nos consegue ajudar se não co-ajudarmos a criação. Um dia de cada vez bem aproveitado, é um passo gigante. :-)

maria de fátima disse...

Olá Ana Cristina não percebo nada de Astrologia mas gosto sempre de ler os teus posts assim como os do António Rosa.Por vezes o problema está em saber tirar o melhor proveito da onda.Beijinhos.

Ana Cristina disse...

Maria de Fátima grata pelo comentário, a "Astrologia" fala da vida e por isso tem que ser aberta para todos. Votos de um bom dia.

António Rosa disse...

Senhora Professora, [ =) ]

O retorno do meu Júpiter tem-me trazido situações que me dão prazer e me têm feito reflectir.

Por exemplo: No que ao curso Vocacional diz respeito, dormi bem e quando hoje acordei «eu sabia» o que tinha que fazer no site para que a srª profª pudesse criar o curso com o seu próprio registo. Voilá! Já consegue.

Outras bençãos de Júpiter nos últimos dias em pleno retorno:

- o novo site da Nova~Lis foi lançado;
- imensos leitores em todo o lado;
- escrevo coisas muito pessoais no blogue e não estou nem aí para como os outros encaram estas intimidades;
- fiz e mandei fazer uma certa prospecção com preços especiais de um livro que quero reeditar só em fins de Fevereiro e já temos muitas pré-encomendas que permitirão pagar de imediato a factura, sobrando uma boa quantidade para ser vendida a preços normais;
- os cursos online em fase de arranque;
- hoje «choveram» encomendas na editora que nos vai garantir €€€ daqui por 90 dias;
- poderia dar mais exemplos mas estes são suficientes da minha actividade pública. =)

O seu texto é belíssimo e de uma intensa espiritualidade e auto-ajuda.

António

Ana Cristina disse...

António, mais daqui a pouco vou ver isso, acordei também com esse assunto e já enviei-lhe email.
Entretanto :-) preparo consultas.

Uma casa 9 em pleno, grata pelo testemunho.

Fada Moranga disse...

Ola Ana Cristina!

Como sempre, leio e releio e aprendo. O meu Jupiter tem andado pela casa 4 (ate Marco) e tem abencoado o meu relacionamento comigo e com a familia. E expandiu a quantidade de livros no quarto :-)
Um grande beijo*de Fada

Ana Cristina disse...

Olá Fada, grata pelo cometário e Júpiter com o seu efeito na 4 poderá muito bem irradiar para cima e para os lados. :-)

Dunyazade disse...

Olá;

tal como António estou a ter o meu retorno de Júpiter. Ultimamente ando a ganhar dinheiro:
- ganhei 9 euros no euromilhões! (o meu maior prémio Ever);
- e ontem encontrei um cêntimo, muito brilhante, no chão :D

O meu Júpiter é retrógado, se não fosse se calhar era uma nota de 500 euros, quem sabe ;)

Só agora vi que em Arco Solar, a minha Lua está em Aquário desde Outubro de 2008. Não me tinha apercebido disso.
Júpiter transita-me a casa 3. Ainda é cedo para ver exactamente o que me trará, mas estou à espera de "coisas boas" (eu vou ser sempre optimista), particularmente com o eclipse de 26º Janeiro a cerca de 35 minutos do meu Júpiter natal.
Gostei de ler o seu texto porque deu-me outra camada do significado deste planeta. Já sabia que ele está envolvido na morte, na passagem para outra realidade, mas ainda não sabia que, quando coisas "más" ou "menos positivas" sucedem - isso pode ser efectivamente uma Libertação e um Alívio. Perder o emprego pode pôr-nos a caminho do que verdadeiramente devemos fazer na vida, do destino. Interessante.

Ana Cristina disse...

Olá Dunyazade, desejo-lhe um feliz retorno, um Júpiter natal rx, sugere que haja um receptáculo de recursos interior.
Nos Arcos Solares, o signo não é significativo, são contemplados os contactos dinâmicos :-)
Grata pelas palavras de apreciação, já viu que o bom ou mau é tão relativo :-)

Uma boa noite.

Dunyazade disse...

Olá de novo;

"Nos Arcos Solares, o signo não é significativo, são contemplados os contactos dinâmicos :-)"

Bom nesse caso está, essa Lua em Arco Solar, a um grau de um trígono com o meu Plutão natal em Balança...

Natalmente tenho a quadratura, como é trígono talvez seja mais "fácil", lol (já estou tão habituada que nem noto, lol).

Uma noite para si também :)
Vou ali alimentar o meu Júpiter lendo sobre a Inteligência Criadora!

Ana Cristina disse...

Dunyazade, como bem diz um trígono é facilitador, por isso não tão dinâmico assim, os dinâmicos são os que fazem acontecer, os chamados de tensos.
Desejo-lhe um bom domingo.