14 de set de 2009

a história de cada um


Quando nos sentimos a vibrar alto, sentimos aquela alegria que nos ilumina o rosto, muito idêntica à da que sentimos quando nos apaixonamos. Nestas alturas nada sabemos e nada tememos, confiamos, estamos ali para viver, para experimentar sem resistências. Ao longo da vida muitos acabaremos por perceber que para sentir esta vibração basta que nos sintamos alinhados com o universo, por vezes acontece fortuitamente outras vezes somos nós que conseguimos ir atingindo essa plataforma. Não querendo fazer o apanágio de modernices new-age, mais cedo ou mais tarde acabaremos, cada um a seu tempo, por entender que não somos compartimentos estanques e de que não conseguimos sentir o que chamamos felicidade a manter vidas separadas por muito tempo. Somos partes que precisam de se unir num todo.
Há alturas da vida em que aparentemente que a vida se quebra e muitas vezes queremos separar águas, para nos pouparmos e conservar a lucidez, alinhando os assuntos e dar-lhes prioridades. Perfeito, 1º as primeiras coisas, desde que se saiba que depois daquela vem a outra. Reparem como os trânsitos de monta ao MC - FC (profissão - casa) antes ou depois mexem com o AS - DC (eu - outro).
No entanto uma coisas é certa, é que cada um de nós é único e por isso a sua história de vida é um original e também o é a sua transformação, mudança ou seja o que for podendo parecer comum, nunca o é esta só podia acontecer consigo.

Quando vemos um Saturno em transito aproximar-se do MC pensamos em maior responsabilidade profissional o que implica que se tenha trabalhado para isso, pensamos nas condições da figura paterna caso esta ainda se encontre entre nós, esperamos a concretização de um plano e para isso torna-se necessário que exista um projecto. Quero dizer que olhar para a aproximação deste transito com a mesma perspectiva que temos para um jogo de lotaria, totalmente ao acaso, habilitamos-nos a que o período de concretização passe e nos deixe sem que nada de concreto tenha acontecido. Relataremos então só o trabalho intenso, a disciplina e as restrições, deixámos passar o período de ouro para exercitarmos a nossa ambição e capacidade de nos mostrarmos capazes.
Com Plutão e estamos a olhar para um período que medeia os 2 anos e tal, as transformações a ter em conta são profundas, lia outro dia algures, que se demora tanto tempo é para isso mesmo. Aqui tentar apanhar os cacos do que se partiu e colar está fora de cogitações. O facto da transformação ser tão profunda, são muitos poucas as relações e ou vidas que continuam, apenas aquelas que se transformam em conjunto, como por vezes acontece num casal, com a chegada ou a perca de um filho, aquela relação muda para sempre em ambos e renasce numa outras. Normalmente são épocas em que os de fora vêm uma mudança de residência ou profissão, ou estado civil e esquecem-se que quem as protagoniza já encetou este processo há algum tempo, interiormente. Teimar em continuar com a vida nos mesmos moldes como até ali, será fazer uso da resistência surda que nos impede de continuar ou seja aceitar a oportunidade. O universo é fantástico e está muito bem ordenado, não necessitamos saber de antemão o que é necessário transmutar, quando chegar a altura ele dá-nos pista fantásticas, a nós só nos é pedido que oiçamos e não resistamos o que não é significado de cruzar braços.
Com Úrano a tocar um ponto crucial da nossa carta, podemos contar com mudança, independência, inspiração repentina, impulsividade e com o que não se estava à espera. Queremos agarrar a oportunidade, com Úrano não sabemos se há 2ª mas devemos atentar que muito provavelmente uma mudança está para acontecer e se nos for dada uma oportunidade fugaz que seja de escolhermos o nosso comboio, há que estar preparado para aproveitar. São tempos excitantes, tempos que 1º temos que nos escutar ter muito presente que a nossa vida só pode ser vivida por nós e de que as concessões que fizermos não foi pelos outros mas para nosso próprio conforto ou medo.

12 comentários:

Joana disse...

Olá Ana Cristina!

Gostei muito do post. Até porque, se não me engano, estou mesmo no meio destes trânsitos.

Beijinhos

Maria Paula Ribeiro disse...

Olá,

Este Srs. juntaram-se para realizar vibrações sísmicas na minha cruz!
Grata pela explicação.
Beijo

Ana Cristina disse...

Olá Joana, os trânsitos fazem-se sentir quando apertamos orbes e consideramos os aspectos dinâmicos.
beijo

Ana Cristina disse...

Maria Paula oh larilas :-)alturas de importantes desenvolvimentos.
Beijo

António Rosa disse...

Ana Cristina

Adorei a leitura deste artigo. Além de profundo é lindo. Dá vontade de reler e reler.

Obrigado.

Ana Cristina disse...

Obrigada António, sempre muito especial a sua apreciação de entendido.
Abraço

Rui António Santos disse...

Olá Ana cristina, eis três planetas que enviam sinais para nossa mudança. Compreendendo Saturno e Urano, Plutão torna-se mais leve.

Gostei, como sempre gosto dos seus artigos, ainda que seja só um aprendiz.

Abraço

Ana Cristina disse...

Olá Rui, fico feliz por ser clara e me fazer entender. Diz-me então que não entende Plutão tão "bem" como aos outros?! Sim por de "leve" este senhor nada tem, é tudo muito intenso mesmo!:)
Abraço

Rui António Santos disse...

Sim Ana Cristina, Plutão é muito intenso, o que eu queria dizer é que Saturno e Urano abrem caminho para o trabalho de Plutão, eu é que expliquei mal, isto é essa tal "leveza" depende do nosso proprio processo de desenvolvimento e do nivel de consciência.

Abraço e obrigado pelo seu comentário.

Ana Cristina disse...

Grata Rui, a ordem das "forças" como tudo na vida pode ser alterada :-)

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Oi linda

Estou vivendo tudo junto...

Passei a semana passada na mais pura solidão... saturno - plutão, cortes foram feitos e a dor foi profunda....

Todos esles estes anos estão agindo me sinto a própria Alice n país das maravilhas...

beijos!

Ah e estou operada, operei meu joelho direito (rompi os ligamentos e a cartlagem) saí da cadeira de rodas e caminho com muletas, passo o dia todo na faculdade, por isso minha ausência.....

Chris

Ana Cristina disse...

Oi Chris, bem-aparecida, fazendo uma faxina na sua vida?! Grande abraço e votos de rápidas melhoras.
Grata pelo seu comentário.