7 de fev de 2010

um dia... voltamos

...voltamos, voltamos a nós lembramos-nos de que temos direito a, de que queremos ser recompensados por e, acreditamos no nosso direito a. A fé que nos engrandece, faz subir a vibração então parece que é de repente que o universo colabora e sentimos-nos no local certo à hora certa. Aquela oportunidade que temos de elevação. de nos sentirmos mais perto daquilo que cremos merecer.

O simbolismo de Plutão (intensificação) em contacto com Júpiter (expansão) foi testemunhado por todos nos últimos anos. Um longo período de fartura e alguns exageros que se inicia em finais de 1995 e se estende até ao final de 2008; o boom das viagens de lazer, a crédito ou não mas todos tinham direito a, os sinais de exteriores de riqueza popularizaram-se, a expansão e em alguns casos a megalomania toma conta. Depois deste o período em que a humanidade encontra a retracção com os 1ºos sinais de alerta com e entrada de Plutão em Capricórnio logo no final de 2008 e principio de 2009, de repente as responsabilizações de toda uma sociedade. O exageros são punidos.

 Plutão em contacto com Júpiter na carta pessoal, indicia expansão da visão, das oportunidades e intensifica a recompensa que a cada um é devida; quem tiver Júpiter nos 1º graus dos signos Cardinais (Aries, Câncer, Balança, Capricórnio) estará alinhado com esta energia potencializada no decorrer deste e dos próximos, consoante o grau onde se encontre o planeta Júpiter na sua carta natal. Como esteve no final do ano de 72 e que se prolongou pelos anos seguintes.

Consoante a idade do individuo este período terá marcado uma época de alargamento coerente com a fase de vida. Volvidos cerca de 36 anos, com uma outra maturidade eis que Plutão se alinha e toca o mesmo ponto do horóscopo, muito provavelmente indiciando uma outra época de vida em que se volta a ponderar perspectivas e por onde se quer expandir, potencializando a expansão seguida de uma tomada de decisão, numa altura em o próprio Saturno também entra na equação. Logo a responsabilização e o trabalho são árduos e sérios, as novas perspectivas querem-se reais e concretas as decisões revestem-se de peso. Uma seriedade individual que poderá levar a uma verdadeira perscrutação do eu, do que se é capaz, do que se quer e do que se pode, num exercício isolado.
A responsabilização da perspectiva alargada de cada um perante o mundo, teremos que voltar a ser nós mesmos sem adornos ou máscaras, para poder continuar.
Haverá alturas em que a sensação pode ser de um completo isolamento e impotência. Um dia voltamos a sentir-nos a fazer parte de, deixamos de ter dúvidas e sabemos o que somos e para onde queremos ir.

14 comentários:

Sandro Gomes disse...

Tenho atualmente Plutão e Saturno tocando o meus Júpiter e Urano natais conjuntos no grau 0 de Balança. Tempo de seriedades e árduos trabalhos na minha oitava casa.

António Rosa disse...

Muito bom. Vou colocá-lo na Escola. Pode ser? Beijo.

Christiane disse...

Ana...

Sinceramente não vejo esperanças. Estou em um isolamento total e com mt vontade de morrer. Não sei até quando vou suportar isso. A hora que não suportar darei o fim.

Ana Cristina disse...

Sandro, posso fazer uma ideia, retracção e expansão, os outros e nós, veja também os assuntos das Casas regidas por Júpiter e Úrano.

Abraço

Ana Cristina disse...

António :) claro que sim.
Beijo.
email segue assim que tiver a minha semana programada :)

Ana Cristina disse...

Chris, é altura de manter o foco de para onde vc quer ir e deixar para trás velhas roupagens. Não se debata tanto que vai facilitar a sua vida.

Abraço

Joana disse...

Sentimo-nos mesmo impotentes, sem capacidade/competência para... Mas lentamente já me começo a sentir...

Grata pelos últimos textos.

Beijinhos

Hanah disse...

Obrigado mais uma vez,
parece que os posts foram feitos para mim, Júpiter a 2° de Cancer.
O caldeirão anda fervendo... sinto que não consigo ter muita alegria. É engraçado...Tudo um pouco embotado...
Gostaria de saber quanto tempo vai durar esse trânsito.

Abraços

Ana Cristina disse...

Joana, fico feliz por ter :) contribuído.
Abraço

Ana Cristina disse...

Hanah, muito grata pelo seu eco. A boa noticia é que o "trabalho" já vem a ser feito desde o inicio de 2009, no fim deste juntou-se Saturno e este par vai continuar quase de mãos dadas até Agosto, depois vai continuando o caminho de cada um em separado.
Abraço

Sandro Gomes disse...

Ana,

Na mosca! Júpiter e Urano, respectivamente regentes da minha Décima e Décima Segunda. Tenho sentido isso mesmo. Muito trabalho em especial com definição profissional, ora avançando, ora retraindo.

Obrigado.

Ana Cristina disse...

De nada Sandro :), a 12ª como aceitação e reconhecimento da nossa individualidade e trabalho por parte dos grupos (onde nos movimentamos) :)

António Rosa disse...

AC

O artigo acabou de entrar no site da Escola.

Grato.

Ana Cristina disse...

:) António, grata sou eu.