22 de jul de 2010

e continuamos

Uma vez postas em prática algumas alterações é natural, que estas tenham repercussão no nosso trabalho ou lar. O mesmo acontecendo se mudarmos de residência ou de situação profissional. As mudanças dos eixos 1-7 e 4-10, tendem a influenciar-se mutuamente.


No caso do 2-8, é provável e expectável que o relacionamento, a causa - efeito abarque os assuntos do eixo 5-11, afinal os considerandos do que valho, de como os outros me valorizam está directamente ligada à forma como me dou amorosamente, como expresso a minha criatividade (Casa 5) e a que grupo pertenço, como sou amado/a pelos meus pares. Como sou reconhecida pelo grupo, aplaudida? Trago algo de novo? (Casa 11)


No caso da dinâmica ter lugar no eixo 3-9, a alteração da forma como pensamos e nos exprimimos verbalmente em virtude de novos conhecimentos, deverá alterar a forma como interagimos com os outros, como colaboramos e como vivemos a nossa vida no que toca ao nossos hábitos e tarefas rotineiras. Sem desprestigio algum por estas, afinal são coisas que fazemos todos os dias. Se alteramos estas é expectável que tenhamos uma visão alterada.


Muito foi escrito acerca de Saturno em Virgem e como a altura era ideal para se fazer uma triagem, arrumação, limpeza de maus hábitos. No seu melhor, a ideia era que se ficasse apenas com o excelente, o saudável e abandonássemos os abusos. A limpeza necessária para que se possa construir um novo equilíbrio.

Para alguns o trânsito de Saturno para outro signo, significa também uma mudança de Casa astrológica, ou seja de área de vida. Os testes e as possibilidades de concretizar a passarem para outra vertente do todo que é cada um de nós. A análise astrológica dá-nos uma ferramenta, matematicamente rigorosa, de quando começa determinado período e de quando acaba. Deixando ao critério de cada um como vai usar esse período, se para partir a loiça ou rearranjar o que estava partido. A cada um cabe a decisão sem livro de instruções, com grandes possibilidades de acertar quando opta pela autenticidade, atento à sua frequência ou vibração pessoal. A grande dificuldade é não sermos apenas antenas retransmissoras e sermos também emissoras.

Uma das novidades, estou a ser delicada, desta oposição de Saturno - Úrano que temos vivido em Virgem e Peixes respectivamente, prende-se concerteza com uma abertura espiritual mas não deixa de trazer consigo um sem número de ideias completamente descabidas. Como se de repente o mundo tivesse endoidecido com teorias apocalípticas que não beneficiam a ninguém. Mas creio ser necessário esta desorganização, com base em exemplos passados, para que a poeira baixe e  a verdadeira espiritualidade venha ao de cima e de cada um de nós. Não de nenhum tipo de mensageiro que nos chegue do exterior.

6 comentários:

António Rosa disse...

Ana Cristina

Excelente análise.

«Como se de repente o mundo tivesse endoidecido com teorias apocalípticas que não beneficiam a ninguém. Mas creio ser necessário esta desorganização, com base em exemplos passados, para que a poeira baixe e a verdadeira espiritualidade venha ao de cima e de cada um de nós. Não de nenhum tipo de mensageiro que nos chegue do exterior. »

Magnífico.

Bom fim-de-semana.

Ana Cristina disse...

:) também para si António :) e também deve estar a ouvir boas como eu :)
Abraço

Adelaide Figueiredo disse...

Ana Cristina.

Adorei ler este texto. Fantástica, sempre me surpreende.

Bom fim-de-semana.

Abraço

Ana Cristina disse...

Adelaide :) muito grata pela visita e comentário, soube-me muito bem lê-lo.

Abraço e bom FdS também.

Maria Izabel Viégas disse...

Ana Cristina,
Como faz-me bem ler teus textos!
Não me arrisco a colocar minhas cosiderações no meu Blog, não é sobre astrologia. Mas todos os Apocalíptícos de plantão se utilizam de análise de astrólogos experientes e fazem das suas! Estou a cansar-me, e olhe que sou, em termos de religiosidade , "paciente" e não gosto de discutir crenças.
Cansa-me tantas canalizações de mestres que se dizem !abobrinhas". E a grande Gruz dá ibope. E como não há o que se blogar, cópias e mais cópias.
Amo a Astrologia(emboar não seja uma expert, pois ela fala pelos símbolos. Não por achismos.
Este parágrafo que o António ressaltou me fez bem a alma!Lúcido, bonito!
Com o eixo 3 e 9 ativados no meu mapa; imagine, e com urano exato no meu Sol natal... Ai!
obrigada.
Se pudesse publicava teu post no meu Memorias, claro que com todos os créditos e links!
Beijos
Bem haja!

Ana Cristina disse...

Maria Izabel grata por me ler e é uma honta fazê-la sentir-se bem.

:)Imagino que não haja o mínimo de paciência para a onda de teorias esdrúxulas que parece se ter instalado na nossa sociedade.

Quando quiser publicar, esteja à vontade.
Abraço