18 de jul de 2010

extrapolando

quando por volta dos 7 anos se tem a 1ª crise de independência - eu posso fazer sozinho - parte de ciclo de Úrano que leva 7 anos a percorrer um signo e simultaneamente estará a ocorrer a 1ª quadratura de Saturno. Depois por volta dos 14 anos no horóscopo vemos a 1ª oposição de Saturno, a chamada de idade do armário, caracterizada por alguma revolta contra as autoridades, normalmente os pais e a autoridade que representam, na busca da sua própria idoneidade, liberdade e afirmação dentro do grupo, acumulando então mais um ciclo de Úrano.

Falar de Úrano é falar de desapego, de independência, de individualismo de tal maneira que muitas vezes para os outros poderá parecer descaso ou rebeldia. Uma lufada de Ar, por vezes seco, que poderá não confortar um carente emocional.
Usualmente uma forte componente Úraniana, vários planetas em Aquário trás uma necessidade nata de independência, uma necessidade intrínseca de se protegerem de jogos emocionais que ameaçam restringir esta liberdade. Que tanto preservam mas que também os pode isolar, acumulando ao longo da vida variados interesses que vão alimentando a necessidade de renovação constante.

Se bem que todos tenhamos Úrano no horóscopo, muitos temos Úrano disposto por outro signo, gerações completas. Logo as características deste arquétipo são modificadas pela tónica do signo e depois os contactos com os outros planetas, contam a restante história ou seja de como esta necessidade de individuação tem potencial de expressão.

A geração que nasce agora terá na sua carta natal Úrano em Áries, o que lhes trará uma qualidade de iniciativa acrescida, a necessidade de se arriscar e experimentar, um individualismo acerbado que se acrescido da responsabilidade social, também apanágio de Úrano, poderá ser um bálsamo.

Extrapolando para daqui a 40 anos, altura em que a geração estará a tomar as rédeas da sociedade, não será por acaso porque o universo é sábio, que estaremos a assistir a uma oposição de Júpiter (expansão - expectativa) em Leão a Saturno (limitação - realidade) em Aquário. A espelhar as alterações sociais expectáveis e os esforços individuais da geração.

2 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia Ana,

Belíssimo. Fizeste-me corroborar "uma necessidade intrínseca de se protegerem de jogos emocionais que ameaçam restringir esta liberdade"

Úrano em conjunção à minha Lua Natal e oposta a Plutão...
Uma necessidade de muito ar...

Beijo e boa semana.

Ana Cristina disse...

ahha MP, understand mas têm que aprender a enfrentar essa parte aussi :)

beijo e boa semana