17 de ago de 2010

aproveitando

aproveitar as guloseimas, surfar, fluir algumas das palavras para traduzir a potencialidade oferecida quando uma janela de oportunidades se nos abre.

Eu estou a aproveitar o texto do António Rosa, por isso para continuar a ler o meu, é imprescindível que leia a explicação na Cova do Urso dos movimentos deste par Vénus - Marte:

Vamos entrar num período único em que Vénus e Marte  estarão em contacto próximo, pois ao longo dos próximos nove meses, e devido a um retrocesso de seis semanas de Vénus, em Outubro e Novembro, haverá três conjunções seguidas Vénus-Marte entre agora e Maio de 2011.

A saber: 1ª conjunção Vénus-Marte: 20 Agosto 2010 em Libra 2ª conjunção Vénus-Marte: 3 Outubro 2010 em Escorpião Vénus ficará em movimento retrógrado de 8 de Outubro até 18 de Novembro

3ª e última conjunção Vénus-Marte: 23 Maio 2011 em Touro

A 1ª conjunção dá-se a 13º do signo Libra, signo de Ar, se Vénus está no seu melhor, Marte tem que fazer um esforço para ser estratega, o guerreiro tem que aprender que não é pela agressividade que vai ganhar a batalha. No seu melhor acresce à Vénus uma energia extra de temeridade.

Se por acaso esta dupla se encontrar no MC ou IC (tendo em conta aquilo com que o dono da carta estiver envolvido) da carta natal, bom seria que essa pessoa tivesse a oportunidade de fazer um brilharete profissional, a ser aproveitada numa reunião ou decisão importante neste espectro. Assuntos do lar, por junto ou em separado também poderão gozar de desenvolvimentos.

Caso o contacto dinâmico seja com Saturno (estando este entre os graus 12º - 15º, dos signos Áries, Câncer, Libra ou Capricórnio) aproveitar este momento para se ter aquela conversa conclusiva, encarar com optimismo algo que tem sido difícil e demorado desde sempre. Aproveitar a graciosidade e energia para reformular o que o tem restringido ou feito sentir reduzido a... e, puxar pela ambição que nos é necessária para crescer.

Caso o contacto seja com Úrano, saia de casa e aproveite, evitando correr riscos desnecessários. Se for com Neptuno, se calhar prefere não sair de casa, mas pode aproveitar para fazer algo de criativo e sublime, o que quer que isto seja para si.

No caso de o contacto ser a Plutão, a sua perspectiva vai andar bem mais colorida e atrevida, sugiro que a anote para futuras referências.

Estes movimentos têm uma grande benesse, mesmo que não tragam o amor, o trabalho a resolução imediata, quando tocam pontos cruciais da nossa carta podem-nos levar a uma alteração de consciência, um estado amoroso sem ter parceiro, uma alegria sem motivos exteriores aparentes: anotar e gravar na alma esta sensações pode ser uma boa ideia, já que esta energia de amor é aquela que nos faz sentir felizes por estar vivos.
Não esquecendo que as mudanças se dão em nós e por isso o mundo lá fora muda.

A 2ª conjunção acontece a 12º de Escorpião signo de Água, aqui Marte está bem mais forte talvez se modere com a presença de Vénus ou não talvez a contagie com a sua temeridade, aqui o poder sexual será acentuado mas se o encontro não for de cariz amoroso...pode-se transformar em ou pode sublimar esta energia poderosa em uma visão poderosa daquilo que tem que fazer.
Principalmente para aqueles que tiverem planetas ou ângulos entre os graus 10º e 14º de Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

A 3ª conjunção, a 9º de Touro, signo de Terra e uma vez mais Vénus está em casa e Marte terá que aprender a construir mais do que destruir, a ter paciência e que o amor é uma força muito poderosa. Logo os mesmos signos, Fixos, que na 2ª são contactados.


Se olharmos os 3 períodos como uma sequência:

o  1º - Ar, aproveitar as oportunidades para exprimir com elegância, beleza e com determinação aquilo que necessitamos para nos sentir completos (Libra - Áries).

No 2º - Água, contornar os desafios,  mostrar como somos capazes e assumir claramente a nossa força e valores intrinsecos (Escorpião - Touro).

No 3º - Terra, completar aquilo a que nos propusemos construir e erger na nossa vida.  (Touro - Escorpião).

14 comentários:

António Rosa disse...

Fiquei pasmado e entusiasmado, pois é um texto excelente.

Muito agradecido pela referência e irei lincá-la nesses mesmo texto, para alertar os leitores para os pormenores ímpares da sua explicação.

Grato.

Beijo

Ana Cristina disse...

António, com a cereja que foi o seu texto de hj. OH se o entendi, em nome do amor...tantos dramas...e onde há amor não pode haver drama.

Andamos muito amorosos :), os dois :)

Beijo e grata sou eu aqui.

António Rosa disse...

Ana Cristina

Este texto obrigou-me a ir ver os meus trânsitos (ando um desleixado, nem imagina!)

Agora, na 1ª conjunção, isso vai acontecer na minha casa 5, em conjunção com Neptuno e trígono a Plutão e um quintil à Lua. Resultado: nem vou dar por nada, porque estarei na Ericeira a trabalhar. Tudo correrá pelo melhor, suponho.

A 2ª conjunção será na casa 7. HUm!!! Sócios? Em quintil a Saturno e quadraturas a Plutão e MC. Será forte, sem dúvida. Época de decisões importantes.

A 3ª conjunção na casa 12 e peregrinos, sem aspectos maiores, excepto uma quadratura ao MC. Até lá...

Muito obrigado.

Ana Cristina disse...

:) na 1ª diria, que vai ser um dia bem criativo e cheio de compaixão.

na 2ª :) decisões de fundo, parcerias e dinheiros.

na 3ª essa quadratura também poderá ser concretizações ou uma excelente reunião.

António dp trocamos figurinhas já que os aspectos dinamizadores tb me calham na rifa :)

Abraço

Adelaide Figueiredo disse...

Ana Cristina,

Este texto está uma delícia :)!!
Vou ver com muita atenção os meus trânsitos, que nem vagar tenho tido :)
Grata pela partilha.

Abraço

Ana Cristina disse...

:) Obrigada Adelaide e veja, para aproveitar :)


Abraço

Sandro Gomes disse...

Ana,

A dupla faz sua primeira conjunção na minha Oitava Casa, com um trígono perfeito a minha Vênus Natal na Quarta em Gêmeos.

A terceira conjunção da dupla se dará na minha Terceira Casa e em conjunção com meu Saturno Natal.

Me parece boa coisa esses trânsitos.

Parabéns pelo post.

Ana Cristina disse...

Sandro :) então parece que o 3º contacto lhe abre uma oportunidade para tratar assuntos sérios com cordialidade. Aproveite.

Obrigada por me ler. Tenha um bom dia.

Shin Tau disse...

Olha que dupla tão intensa! BEm bom este complemento ao texto do António :)

Obrigada Cristina pois deste umas dicas importantes para esta leiga compreender melhor as energias com as quais terá de contar.

Senti pena que não tivesses desenvolvido os aspectos dinâmicos nas outras conjunturas...era bom ler mais ;)

A 1.ª vai activar o meu Plutão natal casa 4, irei anotar tudo o que me acontecer, sem dúvida, obrigada!

A 2.ª mexe o meu Úrano na casa 5 e a última Quíron na casa 11 e creio que ainda chega a fazer uma conjunção ao sol, que está a 25º de Carneiro.

Em verdade, já há algum tempo que me sinto mais romântica e tenho andado com vontade de mudar a aparência de forma a que isso se note...serão astros a pregar-me partida?

Ah e antes que me esqueça, sobre a conversa da Lua na casa 6 e a necessidade de arrumar quando emocional ou mentalmente alguma coisa me perturba, a Cristina aconselhou-me a procurar alguém com o mesmo ascendente mas lua diferente para contactar que essa característica era do ascendente, assim foi :)

Beijocas e mais uma vez parabéns pela excelente partilha

Ana Cristina disse...

Olá Shin Tau, grata :) fica para uma próxima oportunidade, os luminares.
A 3ª a 9º de Touro, creio ser uma orbe muito esticada :) para 25º de Carneiro :)

*** Que bom nada como ver na vida real, os reflexos de uma posição astrológica.

Abraço

Joana disse...

Grata pela informação.

Beijinhos

Ana Cristina disse...

Joana :) desejo-lhe um excelente dia.

Susana Vitorino disse...

Ana, muito obrigada por estas explicações e partilhas.

Este texto e o outro da Vénus retrógrada eram aquilo de que andava à procura.

Vou digerir*

Bem haja

Ana Cristina disse...

Grata e Susana, boa digestão :)

Abraço