11 de jun de 2008

Como aprendemos a sexualidade


Como o ambiente em que vivemos na infância, relativamente a expressões amorosas condiciona e modela a forma como nos vamos dar amorosamente em adultos, o que intuímos numa 1ª fase da vida a imprimir as suas marcas nos pensamentos do adulto, a casa da mente a III é a 6ª a contar do eixo parental, palco das rotinas na casa dos pais. Como sabemos o cérebro da criança mais do que traduzir o que vê, sente e é este sentimento que vai influenciar a cabeça do adulto.

A casa V, a da criatividade, onde nos damos amorosamente é a 8ª do eixo dos pais, a sexualidade dos pais, ou seja a forma abordavam o assunto; se havia tensão, repressão ou se era encarado com normalidade a influenciar a forma como o jovem irá mais tarde expressar o seu amor.

A casa VIII, a do instinto básico que quer ser valorizado pelo outros, o mesmo instinto que luta pelo domínio sobre os valores do parceiro, numa 1ª fase é nas figuras parentais que a criança procura a valorização e aprende os seus limites pelo medir de forças.

Heidi Fleiss Hollywood Madam, nasceu a 30 Dez 1965 @ 9;05 em Los Angeles. O Sol de Heidi, em Capricórnio energia para organizar, a reger a VII das relações, em tensão com a Lua em Aries que quer protagonismo, a tensão alerta para relação entre os pais. Desta combinação do Sol e Lua, determinação e ausência de medos, antevemos uma necessidade de moderação. Vénus rege a casa III e co-rege a VIII, e corre solto não faz aspecto algum aos outros planetas, peregrino, em Aquário a irreverência a colorir a forma de pensar, expressar e interagir. Da infância sabemos que a quando da separação dos pais, preferiu viver com este, um famoso pediatra de Los Angeles.

Mercúrio rege a casa V e a VIII, dar-se e receber dos outros de forma "aumentada", como sugere Júpiter que rege a casa de como os outros se dão amorosamente a 5ª a contar da VII, e em (recepção mútua). Esta oposição recebe de um lado a tensão de Saturno, regente da casa XII, o negócio das actividades secretas.
Por outro de Plutão que rege a via profissional e Úrano regente da casa II, vocacionalmente, a casa do negócio, Plutão-Úrano juntos transportam a imagem de alterações ao status quo.

Tinha 22 anos quando conhece Madame Alex, famosa proxoneta em Hollywood e descobre a sua veia para o negócio, Saturno transitava sobre Júpiter, o negócio do prazer, além de que Plutão em contacto com o Ascendente indicador da transformação individual.

A 9 de Agosto de 1993 Hollywood estremece perante a possibilidade de que os nomes que constavam no famoso caderninho preto fossem revelados publicamente, transito Saturno ao Meio-Céu de Heidi, um momento poderoso na vida pública.

Em Janeiro 1997 é levada a cumprir pena até Nov. de 1998, um transito de Saturno sobre a Lua que rege a casa da rotinas, que ficaram confinadas e também ao Sol, privada da relações públicas.

"I took the oldest profession on Earth and I did it better than anyone on Earth. Alexander the Great conquered the world at 32. I conquered it at 22.
Heidi Fleiss

4 comentários:

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Os seus artigos sobre as "Mulheres do Mundo".

Cada vez mais são aulas. Excelente.

Vamos esperar que Júpiter saia de Capricórnio e vamos organizar um evento astrológico com a Ana Cristina a dar uma aula completa, usando estes exemplos?

Fazendo juz ao mapa do meu retorno, já estou a trabalhar, ficando a proposta pública.

Abraço

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Obrigada António, e bom plano, gostei da ideia :-)Jupiter em Úrano a expandir ideias inovadoras e a Astrologia. Por falar em retornos, o de Jupiter promete :-).

Abraço
Ana Cristina

Samsara disse...

Adorei o post, irei fazer o mapa e ler melhor, tem muito sumo.
Posso ir a essa aula? Podes por já o meu nome na lista.
Bjs grandes

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Princesa :-) a 1ª inscrição anotada.
Sempre grata pela visita.
bjo

Ana Cristina