14 de jun de 2008

Sempre em movimento


Nos dias 13 a 16 Junho o mensageiro do Universo Mercúrio, que rege os vários níveis de comunicação anda peregrino pelos céus, não faz aspectos Ptolomeicos com outros planetas, o que lhe vai conferir uma característica de imunidade politica dizendo o
que quer e que lhe passa pela cabeça e andando por onde quer, como está no próprio signo, Gémeos, a diversidade e duplicidade estão em alto, o importante é diversificar, chegar onde quer não interessa o meio de transporte. De que está retrógrado já muito se falou pelo que não podemos esquecer a tal da 2nda agenda, ou seja um outro nível de trabalho mental, a confusão, os mal entendidos, os atrasos e outras tantas trapalhadas típicas que muitos acabaram por experimentar.(a 17 faz um breve aspecto à Lua para seguir a sua peregrinação).

Datas boas para lançamento de projectos já devidamente organizados e planeados em períodos de movimentos directos. Esta fase da retrogradação encontra as pessoas ávidas de tomar decisões e resolver coisas, canalizar a impaciência para os tais projectos antigos será uma sábia decisão.

Antes de dia 13, a 10 de Junho Mercúrio estava em tensão com Úrano, os ideais reivindicativos que vimos reflectido no bloqueio dos transportes e claro os assuntos das estradas virtuais, a Europa discutia as bases da lei para regulamentar blogs. Pessoalmente tive a minha dose, o meu computador que se vinha há algum tempo a acusar algum cansaço, no dia da Lua Nova, subitamente recusou-se a continuar, interrompendo abruptamente toda e qualquer comunicação. Há dois dias foi anunciado no fórum do Noel Tyl por um dos muitos participantes, o aparecimento de uma alegada cópia do registo de nascimento de Obama Barack, atestando a nova hora adiantada na UAC, 19;24., desta informação resultou uma longa onda de comentários uns gratos outros elaborando teorias de conspiração e solicitando comprovativos oficiais.

Durante todo este tempo Mercúrio esteve quindecile a Plutão; o uso da inteligência, mente e comunicação e as perspectivas de poder e domínio. Sugerindo o uso da comunicação/informação para persuadir ou manipular perspectivas e/ou dominado e
controlando conversações.

2 comentários:

António Rosa disse...

E a Irlanda disse ontem não ao Tratado de Lisboa. Não sabia essados blogs. Vou ler...

Abraço

Bom fim-de-semana,

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

eles tiveram direito ao voto :-)

Também para si
Ana Cristina