24 de jul de 2008

No mundo da Mitologia


Mitologia o estudo dos mitos em que se baseiam as crenças ou o sistema religioso de determinada cultura. As figuras mitológicas são abrangentes e com poderes sobrenaturais, encarnam deuses e como tal com poder. Em astrologia o planeta ligado ao poder, e que irá reflectir esse ou o declínio do mesmo no horóscopo individual é Plutão, o deus grego Hades, senhor do submundo e também das riquezas. O submundo abarca as raízes onde tudo começou, investigar, descobrir, exercer controle pelo poder proveniente do conhecimento. Por isso quando se procura indicadores do conhecimento da Psique se chega à casa 8, o reino de Hades.

Maxfield Parrish 25 de Julho 1870 @18;00 hrs em Philadelphia PA, ilustrador e pintor, a sua arte está aliada ás suas ilustrações para livros infantis e à exuberância com que pintou a mitologia, num faz de conta cheio de textura. Ao estudar as cartas astrológicas das figuras que se imortalizaram pelo seu trabalho, o que acontece sempre que a obra legada à humanidade transcende a vida efémera dos mortais. Notamos que não foi a profissão ou o emprego que fez a diferença mas sim a vocação que os levou a exercer aquilo que melhor podiam oferecer ao mundo.
Parrish apresenta o Sol conjunto a Mercúrio em Leão, que sugere de imediato uma boa dose de criatividade, e infantilidade se quiserem associar o Leão à criança que se aloja em cada um. Estes dois Planetas, o da energia inata e a forma como tem que pensar, dividem a regência da casa 8 e servem a vocação (MC) regência de Plutão que no caso rege também as casa dos sonhos que esperamos um dia atingir, estando peregrino, a perspectiva emocional reactiva sugerida pela insegurança poderá ser algo com que convive desde cedo, torna-se uma alavanca de peso . Disposto por Vénus, o poder passará por criar segurança não perdendo de vista a estética. Vénus rege a casa da criatividade, que terá que ser expressada. Estando inserida na formação importante no ponto Cardinal, a expressão com carácter público do universo emocional, em busca incessante de conforto familiar para a sua necessidade de segurança emocional, que transportará da infância para a idade adulta. Outros padrões no horóscopo confirmam esta dedução.
De notar que os receios e medos enraizados, outras das possíveis características da casa 8, são aqui transformados em obras de arte.

3 comentários:

Samsara disse...

Não conhecia este artista. Tem imagens muito bonitas.
Bjs

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

...muito vibrantes, vale a pena recordá-lo na data em que faria aniversário :-)

bj

cova-do-urso disse...

Ana Cristina,

A Cimeira propriamente dita começa amanhã, dia 25, pelas 9:30, revendo-se algum atraso.

Hoje foi a reunião preparatória dos ministros de negócios estrangeiros.

Abraço

António