21 de mai de 2009

controle e poder


Uma das características de um Sol no signo de Escorpião é a energia para controlar pelo saber, quem é não conhece a velha máxima de saber é poder, a alquimia que se dá pelo conhecimento, a libertação quando se passa o estado de dúvida ao esclarecido. E também quando num horóscopo, Plutão é o planeta Oriental, o importante e o verdadeiro valor são os conhecimentos que detemos.
Dizia eu que estava a pensar nesta energia para o domínio do saber a qualquer custo, não bastando que digam há que perceber porquê, não é o que dizem que é importante mas há que saber porque o disseram, a razão daquela entoação, as entrelinhas dos silêncios, ás vezes torna-se necessário lembrar de que um talvez é só um talvez e que um até logo, é porque nos falamos mais tarde...Esta predisposição nata para private investigators a tempo inteiro pode ser extenuante.
Se há coisas que se apanham no ar, quando assim não acontece, existe uma desconfiança misturada com obsessão de que algo ficou oculto e, aqui vislumbramos uma pequeníssima parte da necessidade de controlar. Quem estiver a ler e a pensar; - bem, olha que desta estou eu livre... Sugiro que pense melhor, todos temos uma Casa 8 e todos temos Plutão no horóscopo, por isso ver quem está naquela Casa e quem a rege poderá trazer algumas surpresas aos mais desavisados. Conheço pessoas que tendo aquela Casa repleta planetas e até com a sua regência entregue a outro planeta menos suspeito, reconhece em si algumas das perversidades atribuídas ao signo natural da Casa; num constante teste de forças, inconscientemente por vezes e sempre em busca da validação dos outros. Esta energia tectónica, está muito presente no acto sexual, não estou a falar de afectos mas de instintos, de poder e domínio, outra forma de se fazer uso do poder sexual, a natureza está repleta de exemplos.

Quando vejo esta Casa muito activada, mais do que uma morte física tenho sempre em mente uma morte do ego, de alguma forma a pessoa vai ter que transcender algo e para isso terá que morrer alguma parte de si; pode também reflectir a situação financeira do parceiro, sendo 2ª Casa derivada da do parceiro. Estas fazes de mudança profunda muitas vezes ligadas a valores financeiros, já que estes representam status e este define a nossa perspectiva. Quando um muda todos os outros acabarão por mudar.

6 comentários:

António Rosa disse...

Ana Cristina

Artigo notável. Muito bem escrito e desenvolvido. Todas as pontas pensadas e investigadas. Muito bom.

Sobre as estrelas:

O widget aceita que se clique uma a uma. Vai de Bad a Excellent. Por exemplo, ainda ninguém tinha clicado e fiz a experiência. Cliquei em todas. O widget permite que rectifique a pontuação anterior. Mas ele guarda os anteriores? Mistério para investigar.

Até logo.

Ana Cristina disse...

Obrigada António, pensar é comigo...demais nestes últimos tempos :-)


Investigarei também da minha parte.
Até logo

Fada Moranga disse...

De Escorpiao todos temos um pouco... Eu toda a vida tenho levado com "bocas" :-) e tenho procurado honrar o que Escorpiao tem de melhor. Mas a informacao continua vital! O querer saber, o descobrir, o cavar... Neste caso Sol e Mercurio juntos querem investigar para curar. Dizem eles... :-)

Bem haja e beijo*de Fada

Ana Cristina disse...

Fada uns mais que outros :-) e a necessidade de ir ás profundezas para chegar ás alturas faz desta energia única...não importam as razões :-)...que também não são totalmente claras :-)beijo.

Rui Santos disse...

Que artigo tão claro sobre Plutão, ,, Plutão no meu Mapa é muito forte, leva-me sempre a escavar fundo na minha própia tranformação pessoal, ele está em virgem em conjunção com o Ascendente, a 5 graus.



As energias de cura tambem estão presentes.

Crsitalização não é comigo.

Ana Cristina disse...

Olá Rui, grata pelo seu exemplo. Votos de um bom inicio de semana.