12 de mai de 2009

ufa


ufa, poderá ser o que alguns de nós irão sentir nos próximos dias, um alívio no peso que se tem feito sentir nos últimos tempos, uma enorme vontade de dizer basta já não aguento mais e/ou vamos lá resolver isto de uma vez por todas. Apesar do Mercúrio estar retrógrado, o que se calhar até ajuda já que a onda é a de interiorizar e reflectir antes de dizer e assinar, dizia eu poderá ser facilitador na concretização de assuntos trazidos do último período de retrogradação (11 de Jan. - 1 de Fev.) ou mesmo anteriores.
Já se sabe que nem todos estivemos ocupados com as mesmas causas, o ponto comum será a seriedade, o peso da responsabilidade, decisões e isto envolto numa sensação de isolamento e resistência surda e sem rosto. Acredito que destes momentos mesmo que nos possam parecer que nada se fez, resultam em avanços substanciais quando daqui a algum tempo olharmos para trás. Durante este período de demora e dificuldade de concretizar e ver resultados, fomos forçados a rever estratégias, a reavaliar para onde dirigimos os nossos esforços, o que realmente queremos para nós e por isso a repensar a nossa estratégia pessoal, delineando uma nova se for o caso e agora depois de analisada e descriminadas as opções.
Por isso quando chegar a altura de decisões, estaremos mais avisados do que queremos. Não nos esqueçamos que no ar está a grande oposição de Úrano - Saturno e que para uns mais que outros é indicador que estarão em breve a ter que tomar decisões subitamente, o período para pensar terá passado. Aqueles que têm no Ponto Cardinal algum planeta (conjunção - oposição - quadratura), poderão preparar-se para resolver os assuntos que dizem respeito aquele planeta no horóscopo individual, uma vez que Plutão em marcha atrás fará o seu toque final naquele ponto no 2º semestre.

E como há sempre mais qualquer coisa a dizer, outra visão e algo que complementa, vejam que o Marcelo Dalla aqui escreveu acerca do mesmo assunto. Juntem os dois e de seguida a vossa perspectiva...

14 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Ana Cristina,
Ufa!!! digo eu!
Até que enfim deu certo vir até aqui para ler todos esses posts maravilhosos...eu os via no meu blog e ficava querendo vir aqui e acabava acontecendo algo e a minha intenção escorria água abaixo...
Preciso ver e ler tudo com calma...e é o que vou fazer AGORA.
Um beijo cheio de saudade dessa tua sabedoria toda!
Astrid

Ana Cristina disse...

Seja bem-vinda Astrid, aproveite a cama e relaxe :-)
Beijo

António Rosa disse...

Grande aviso que deixou.

Hoje mesmo fui às finanças por causa de um assunto que já se arrastava e aquilo que eu pensei que seria uma tortura de espera e de resolução, foi tudo o oposto.

Esperei menos de 10 minutos pois não estavam presentes 7 números de senhas. Foi uma espécie de salto quântico. Um solvente qualquer levou aquela gente toda para fora daquela secção. Até as funcionárias repetiam duvidosas «mas não está mesmo ninguém?». Até que disseram 34. «Sou eu». «Então venha». Dei por mim, estava com 3 funcionárias a ouvirem a minha solicitação. Uma delas era a chefe do departamento, tendo aprovado e assinado na hora.

Nem quero acreditar nisto. Incrível.

:))))

Ana Cristina disse...

Boa, boa António. Também hoje já ouvi outras histórias do género ou seja de desenvolvimentos repentinos; agora as consultas têm sido e agora, antes era quando?
Mais virão...

marcelo dalla disse...

Olá Ana Cristina!!! Belo post, bela sintonia. Estou tb a pensar sobre essas questões. Se puder, passe lá no meu blog para ler o q pensei, vamos discutir! Q tal? bjo

Ana Cristina disse...

Oi Marcelo, estou indo...e acontece com algumas pessoas esta da sintonia, tenho falado dela aqui :-) Abraçi

Maria Paula Ribeiro disse...

Olá Olá,

O Marcelo que me perdoe mas eu vou-me agarrar à cama e leio o texto dele só amanhã! ;-)
Faz todo sentido para mim este teu post! Porque para quem tem negócios, o dia 15 é particularmente "penoso". Hoje posso dizer que valeram bem os enormes reajustes feitos aqui. ;)

Beijo, vou dormir! Alguém me acompanha????? LOL LOL LOL

Rui Santos disse...

Olá Ana Cristina, vou imprimir o seu artigo e lê-lo com atenção e tempo.

Tudo de bom

Ana Cristina disse...

Maria Paula, atira-te para cima dela com cuidado...olha as molas :-)

Obrigada pelo bom exemplo que trouxeste e apropriado que ele é.
Boa noite :-) beijo

Ana Cristina disse...

Olá Rui e que lhe seja útil, espero :-)

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Ai Ana

Estou com medo... E agora que eu acho que a casa vai cair...

Preciso consultar um astrólogo mesmo, pois sozinha não consigo ver.

Pega mesmo meu mapa!!! Meu coração até disparou agora...

Sei que 4 de setembro então...

mas antes... não consigo ver estou precisando de ajuda...

Beijo

Chris

Ana Cristina disse...

Chris, faço votos para que esteja mais calma.

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Ana

Hoje eu senti esse alívio... lendo o texto do Marcelo compreendi melhor... Até comentei lá amiga.

Obrigada.

Ana Cristina disse...

Que bom Chris :-)