13 de nov de 2008

imprevistos


Quando os planetas geracionais são accionados, parece que de repente todos nos queixamos do mesmo, como também é natural que as relações pessoais e sociais sejam principalmente com pessoas da mesma geração, estas ondas parecem ficar ainda mais evidentes. Se nos sentarmos a trocar histórias, todos teremos uma só onde por vezes só vai variar a área de vida, e que poderemos ver reflectida no horóscopo como aquela que o planeta em causa e a receber o transito reger, não descurando as casas que estão envolvidas por posição, tudo indicios do todo. Não sendo a 1ª vez que falo da relação Marte (energia) com Úrano (bzzzzzz, inusitado, irreverência) em que os imprevistos parecem pródigos, quem tiver Úrano a reger o Ascendente poderá ter sentido durante este transito a um nível físico, uma descarga extra de adrenalina ou o sistema nervoso algo acelerado, aquando deste contacto (quadratura) falo das gerações com Úrano em Leão (1955-1962) ou (conjunção) Úrano em Escorpião (1974-1981) também de ansiedade se terão queixado aqueles que Úrano rege a a expressão e mente. Haverá também aqueles que agradecem esta energia extra, que permitiu que resolvessem finalmente um assunto, que de repente concluíram algo que se arrastava... Mas existem também os imprevistos que aparecem na forma de acidentes, mais ou menos graves, mais ou menos apraziveis. Concerteza que Marte irá continuar o seu percurso e agitar as outras gerações que se seguem, falo destas porque pertencendo à geração de Úrano em Leão tenho estado a sentir e a contactar com diversos testemunhos relativos à minha geração e aos da geração de Úrano em Escorpião. O facto de Marte se sentir especialmente bélico em Escorpião não será uma coincidência. Sempre que vejo um Marte=Úrano (= aspecto tenso) sugiro que se levante o pé do acelerador, se pense 2 vezes antes de comunicar, fazer o que está ao nosso alcance para não facilitar ou minimizar o acidente nestas alturas mais dinâmicas.

10 comentários:

cova-do-urso disse...

Ana Cristina

Adorei aquele «bzzzzzz»! =)

Está tudo a mexer.

António

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António, lembra-se do som do Neptuno à lá Noel Tyl? Este é o som de Úrano!
Ontem não parei de um lado para o outro....

António Rosa disse...

Lembro-me perfeitamente do som do Noel tanto para Úrano, como para Neptuno. =) Foi logo a primeira imagem que tive.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

:-) fica gravado.

Maria Paula Ribeiro disse...

Olá Ana,

E como será o esse som Marte=Úrano??

Alguma moto-serra? Ou parecido a um "rosnar"?
Bj

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Mary, iria mais para rosnar, ou tipo míssil a cair na terra um assobio seguido de estrondo :-)

Paula Monteiro disse...

Bem, esta minha amiga está cada vez mais astrológicamente, astróloga......aconteceu-me de tudo, tudo não, felizmente acidentes não.Foi demais....depois conto.Beijo grande´e claro mais um fim de semana em C. city, desta vez para "marturanices".

Samsara disse...

Os sons do Noel são inesquecíveis
Beijinhos

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Paula, temos que nos juntar para trocar cromos e eu levo o vinho :-) saudades, beijo enorme.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

Olá linda Patrícia...e de fácil compreensão :-)

Beijo