24 de set de 2010

depois do desejo

quando os juros são emocionais, várias vezes eu e outros temos referido Plutão e Capricórnio, aqui, aqui, aqui e porque não podia deixar de ser Saturno em Libra.

Numa que talvez seja a última vez nos próximos tempos, embora o assunto seja inesgotável: Acerca de Plutão, há que mencionar aquele apelo forte, enorme, que nos leva longe, nos domina, nos obriga, nos submete, falo do DESEJO.

Quantas vezes já não se sentiram dominados, mesmo que não no próprio momento, depois, quando entenderam o que os levou a. Quando desejamos muito, seja o que for, pomos uma enorme carga emocional.

Se Plutão em Capricórnio pode ser a figura de um déspota a governar controlando possessivamente o seu reino, tem o outro lado de uma possível derrocada resultante do nepotismo.
A um nível individual este déspota pode querer ver os seus desejos satisfeitos, ultrapassando as suas próprias regras, só interessa ficar satisfeito.

Quando um dia, por esta ou por aquela alteração, somos obrigados a olhar de frente o tal desejo, ou aonde este nos levou, somos obrigados a rever e, então a sobreviver a este se for o caso, aceitando que nada se perdeu mas se transformou porque nós mudámos.

Saturno como a maior parte sabe, conserva, retém, colecciona antiguidades tem uma enorme dificuldade viver ao sabor da aventura. Neste braço de ferro que tem mantido com o arquétipo da transformação, tem trazido a quem os tem sentido directamente, dor, solidão e a terrível sensação de desintegração.

Agora que o aspecto (quadratura) se começa a desvanecer alguns já respiram de alivio, depois das cedências mesmo que as que tenham sido obrigados. O que era antes já não o é mais, mesmo que o novo não se tenha perfilado, o que se conservava, perdeu a validade.

Saturno em Libra, usando a mesma analogia de acima; será o que governa com equilíbrio, transversalmente, justiça conservadora para todos. Seriedade na forma como nos relacionamos com o e os outros.

Quando um dia percebemos que retivemos, conservámos por outras razões, (a ver no mapa de cada um) sociais, convencionais, por medo, algo que não nos favorecia. Nos tínhamos subjugado a uma organização que não era nossa. Agora mais sábios com a experiência poderemos ambicionar por uma que nos convenha.

13 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Ana

Não fazes a mas pequena ideia do quão grata te sou por esta maravilha!

E olha que sincronia hoje... no "BandarraVet" a palavra de ordem é mesmo de olhar! ;)

Olhar para o antigo e olhar para o novo... ;)))

"O que era antes já não o é mais, mesmo que o novo não se tenha perfilado, o que se conservava, perdeu a validade"

Hoje foi mesmo Saturno a "dar" o pontapé! ;)))

Bem-hajas! e bom fim de semana

Christiane disse...

Ana

Espero que seja sssim mesmo...

Grande beijo..

Ana Cristina disse...

MP, fico contente com a ressonância :)...ou tu a tomares uma decisão :)
Beijo

Ana Cristina disse...

Chris, :) não se esqueça de colaborar :) no processo :) Abraço

Joana disse...

Estou como a Maria Paula Ribeiro, esta frase "O que era antes já não o é mais, mesmo que o novo não se tenha perfilado, o que se conservava, perdeu a validade.", fez todo o sentido para mim.

Beijinhos

Ana Cristina disse...

Joana, o primeiro passo está dado, para o novo e como o cosmos é inteligente............juntou Úrano e Júpiter para um novo alargado :)

Beijinho

Christiane disse...

Ana

Hoje recebi uma orientação. Uma conscientização muito boa.

Voltei a estudar com astrologia com afinco.

Gostaria da sua contribuição.

http://autoconhecimentoeastrologia.blogspot.com/2010/09/rainha-venus.html

Grande beijo.

Christiane disse...

Ana

Hoje recebi uma orientação. Uma conscientização muito boa.

Voltei a estudar com astrologia com afinco.

Gostaria da sua contribuição.

http://autoconhecimentoeastrologia.blogspot.com/2010/09/rainha-venus.html

Grande beijo.

Ana Cristina disse...

Que bom para si Christiane.
Bom domingo

Samsara disse...

A menina Ana Cristina muito inspirada como sempre ;) assentou como uma luva...

Beijinhos

Ana Cristina disse...

ahaha Patricia, grata, e que a luva a proteja :)

Beijo

Adelaide Figueiredo disse...

Ana Cristina,

Mais vale tarde do que nunca, aqui estou eu a dizer-lhe que mais uma vez me disse mais umas verdades e que preciso pensar nelas.

Grata pela lição :))

Abraço

Ana Cristina disse...

Adelaide, grata, aprendemos todos os dias connosco e com os que nos rodeiam.

Abraço