29 de ago de 2010

sonhos & filmes

Parece estar provado que todos sonhamos todos os dias... a razão e os significados dão pano para mangas. Muitos já sonharam com assuntos directamente relacionados com o dia-a-dia, avisos ou não. Outros tantos já tiveram daqueles sonhos ou pesadelos sem explicação aparente. Há ainda os que nunca se lembram dos sonhos.

O planeta que representa os sonhos é Neptuno, os que têm Mercúrio com aspecto muito próximo a este planeta têm mesmo uma grande facilidade em sonhar acordados, um escapismo ali à mão. Se for Vénus um romantismo grande, com a Lua o subconsciente a emergir podendo criar alguma confusão; aliás com Neptuno nunca podemos perder de vista o potencial de confusão.

Depois de ver o filme Inception, Neptuno também rege esta arte, implantar uma ideia para isso fazendo uso do sonho, fui ver a carta de Christopher Nolan e, não foi surpresa encontrar Neptuno (sonho) oposto a Saturno (realidade), a oposição em quadratura com Mercúrio (mental). Também da sua responsabilidade, Insónia em 2002 e Amnésia em 2000, em comum todos falam dos truques da mente; sonhos, privação de descanso e trauma.

Se no pior poderíamos ler este aspecto como confusão e recorrente dissolução da realidade. C.N., usa o potencial no seu melhor Mercúrio em Leão, mente criativa, Neptuno (visualização) com o suporte de Saturno em Touro (dar estrutura ao sonho). A ambição e os meandros psicológicos das tramas, como se seria de esperar com Neptuno em Escorpião. Como eco desta tendência, Vénus que  dispõe Saturno conjunto a Plutão para ajudar na intensidade da sua expressão criativa.

O aspecto referido de oposição é um aspecto geracional, a relevância deste acresce de significado quando imputado às Casas que rege, não sendo o caso porque observo uma carta solar (sem hora de nascimento), permite no entanto vislumbrar parte do padrão mental.
Ficando por clarificar o que terá dado lugar ou o que estará por trás desta faculdade de imaginação mental e ao mesmo tempo que realidade não seria tão fácil de aceitar.

Entre 2006 e 2007, deu-se outra oposição entre Saturno em Leão, seriedade na criatividade e educação e Neptuno em Úrano (novas crenças). Estes dois signos reportam-nos para a necessidade de expressar a criatividade e sermos reconhecidos pelos nossos pares.
Com o potencial de nos levarmos muito a sério, mesmo no lazer, o que poderá ser uma benesse para um artista. Poderá existir uma guerra interior entre o espiritual e a realidade que "parece" limitar a nossa expressão amorosa.
Em 2035/6, esta geração estará a viver o 1º retorno de Saturno, a afirmar-se na sociedade. O desafio tornar realidade aqueles sonhos de Neptuno em Aquário, em sonhos são maiores que o sonhador, em realidade dentro das estruturas e ditames da sociedade. A responsabilidade do individuo perante a sociedade, uma geração emersa em direitos sociais de forma ampla e abrangente.

8 comentários:

Sandro Gomes disse...

Oi, Ana.

Netuno é mesmo da ordem dos sonhos e filmes. E vejo a importância disso em minha vida hoje com mais clareza ao olhar para o trígono entre Mercúrio e Netuno Rx natais, sendo esse regente do meu ASC. Sendo Mercúrio em Câncer na Quinta e Netuno na Nona em Escorpião.

O que seria de mim se não houvesse a TV e o Cinema? O escurinho do cinema ou da sala de estar me fazem viajar, ir longe, habitar outros mundos ainda estando acordado...

Abraços

Christiane disse...

Adoro seus posts

Mas hoje vim aqui para te apresentar uma grande astróloga que gostaria que vc conhecesse.

http://kellyastrologa.blogspot.com/2010/08/ingresso-do-sol-me-virgem.html

Beijo.

Chris

Ana Cristina disse...

Sandro :) boas viagens...aproveitá-las e dar-lhes sentido.
Abraço

Ana Cristina disse...

Grata Christiane.

Desejo-lhe uma excelente semana.

Shin Tau disse...

Olá Crsitina

gosto muito deste realizador e agora que o percebo um pouco mais, ainda mais gosto ;)

Depois de te ler pus-me a pensar...o que haverá no meu mapa que me faça identificar tanto com este autor?

Além da conjunção da Lua com Neptuno, este faz quadratura com Mercúrio e Vénus em Peixes,acho que pode ser por aqui, não? A dificuldade em distinguir a realidade do sonho, por este ser tão real (apesar de ser sempre mais virado para a religião ou o ensino).

Adoro o "Prestige - O Último Passo" :)

Desejo-te uma excelente semana :*

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Esse filme não é aquele com o Leonardo DiCaprio e a Ellen Page?

Se me permite, fico já aqui mesmo a mantrar:

- Ver o filme; ver o filme; ver o filme; ver o filme; ver o filme; ver o filme; ver o filme...

E como estamos a falar de Neptuno, vou fazer o download do filme e assim não aturo as pipocas.

Obrigado.

Ana Cristina disse...

Shin Tau, religião e ensino, Mercúrio (mente) em Peixes e brincando com os arquétipo, a Lua com Neptuno, será que a tonalidade é a de Sagitário. Sonho, filosofia, religião :)? Um a fazer eco do outro :)

Retribuo os votos de excelente semana. Abraço

Ana Cristina disse...

É sim António, :) olhe que o écran grande é merecido no caso. Espero que se divirta tanto como eu :)

Abraço